iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/09 - 00:13

Colômbia pega Uruguai querendo seguir no G-4
Dividindo a terceira colocação com o Chile, com dez pontos, a Colômbia recebe o Uruguai neste sábado, às 20h20 (de Brasília), no Estádio El Campín, em Bogotá, pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, querendo um triunfo para se manter na zona de classificação. Se tropeçar, o time colombiano deixará com certeza o G-4.

Gazeta Esportiva

Já os uruguaios, que estão com oito pontos, planejam encostar no pelotão de frente.

Jorge Luis Pinto, técnico da Colômbia, acredita que para a sua equipe chegar ao próximo Mundial será preciso ganhar todos os jogos em casa, especialmente como os desse sábado. Isso porque ele considera o Uruguai um concorrente direto.

”Jogando em casa temos que atingir a pontuação máxima, cem por cento de aproveitamento. Não podemos pensar em tropeços, principalmente contra o Uruguai, que tem tudo para ser um concorrente direto nosso até as últimas rodadas”, afirmou o técnico colombiano.

Para este jogo, Jorge Luis Pinto faz mistério e só vai divulgar a escalação minutos antes do confronto. Mas a única dúvida é de ordem tática e está no meio-de-campo, onde Adrián Ramos e Tressor Moreno disputam posição.

Pelo lado do Uruguai, o técnico Óscar Tabárez não tem problemas para escalar a sua equipe. Um dos destaques do time celeste é o goleiro Juan Castillo, titular do Botafogo, e que sabe que terá grandes dificuldades nesta partida.

”Sei que a Colômbia conta com atacantes de primeiro nível e por isso o grau de dificuldades desta partida será enorme. Mas estamos preparados para fazermos um grande jogo e, se possível, ganharmos. Condições para isso nós temos”, disse Castillo.

FICHA TÉCNICA
COLÔMBIA X URUGUAI


Local: Estádio El Campín, em Bogotá (Colômbia)
Data: 6 de setembro de 2008 (Sábado)
Horário: 20h20 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (Brasil)
Assistentes: Edmilson Corona (Brasil) e Alessandro Rocha (Brasil)

COLÔMBIA: Agustín Julio; Camilo Zúñiga, Luis Amaranto Perea, Aquivaldo Mosquera e Estiven Vélez; Fabián Vargas, Freddy Guarín, Adrián Ramos (Tressor Moreno) e Giovanni Hernández; Hugo Rodallega e Radamel Falcao García
Técnico: Jorge Luis Pinto

URUGUAI: Juan Castillo; Bruno Silva, Diego Lugano, Diego Godín e Jorge Fucile; Maximiliano Pereira, Sebastián Eguren, Walter Gargano e Cristian Rodríguez; Luis Suárez e Diego Forlán
Técnico: Óscar Tabárez

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo