iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/09 - 12:24

Adolescente depõe e reconhece agressores do técnico Leão

Jovem de 16 anos confirmou a informação de que integrantes da Torcida Jovem estavam envolvidos no episódio

Gazeta Esportiva


SANTOS - No final da tarde de sexta-feira, um adolescente de 16 anos se apresentou ao 2° Distrito Policial de Santos, com novidades sobre o episódio da agressão ao ex-técnico do Santos, Emerson Leão. O jovem, acompanhado de sua mãe, disse ser associado da Torcida Jovem e confirmou a informação de que integrantes da maior torcida organizada do Peixe estariam envolvidos no episódio.

Este adolescente negou ter feito uso da violência contra o comandante do Al-Saad (Qatar), informando que apenas teria acompanhado o grupo, formado por ele e mais cinco pessoas. O rapaz ainda confirmou o fato de que todos os representantes da torcida organizada envolvidos no incidente são maiores de 18 anos.

Segundo o menor de idade, ele e os outros jovens estavam na sede da Torcida Jovem, que fica na Rua Princesa Isabel, a mesma onde está localizado o estádio santista. De repente, dois associados conhecidos da torcida conhecidos por Castelão e Guilherme disseram que Leão estava na Vila Belmiro.

A reportagem da Gazeta Esportiva apurou que Castelão e Guilherme tinham conhecimento da ida de Emerson Leão à Vila Belmiro e, por isso, já estavam preparados para o ataque desde a noite de quarta-feira.

A responsável pelo inquérito policial que apura o crime de lesão corporal (intencional), a delegada Daniela Perez Lázaro, mostrou as cenas gravadas pelo sistema de segurança interno do clube. Neste momento, o adolescente identificou mais três envolvidos.

O jovem entregou uma lista com os prenomes dos agressores e apontou Higor Mendes como o responsável por ter arremessado a barra de ferro, que por pouco não atingiu Leão. Aquele objeto é utilizado em torno do estádio para demarcar as vagas de estacionamento dos carros da diretoria santista.

Outro acusado foi identificado como Felipe, cujo apelido é Tirobinho. No entanto, o quinto agressor não foi reconhecido pelo jovem. Ele disse não saber de quem se tratava, desconhecendo o fato dele ser membro da torcida organizada.


Leia mais sobre: Emerson Leão Torcida Jovem

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo