iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/09 - 15:10

Santos oficializa acordo com a Umbro por mais três anos

exigência feita pela diretoria é de que empresa que fornece material esportivo terá que expandir a marca

Gazeta Esportiva

SANTOS - O Santos oficializou no final da manhã desta sexta-feira, na Vila Belmiro, a renovação de seu contrato com a Umbro, empresa fornecedora de materiais esportivos. O evento contou com a presença do diretor-geral da empresa, Paulo César Verardi, do presidente santista Marcelo Teixeira, além dos jogadores Fábio Costa, Adaílton, Wendel e Molina.

Foram apresentadas as novas metas a serem atingidas nos próximos três anos de contrato.

Pelo novo acordo, a Umbro também continuará a participar ativamente das ações de marketing do clube no Brasil e no exterior. O objetivo da multinacional é explorar outros mercados até então desconhecidos para os times brasileiros. Este é o caso do continente asiático, onde a fornecedora de materiais esportivos mantém uma forte estrutura.

O diretor da Umbro destacou a importância que tem para a alta cúpula da empresa manter a sua imagem atrelada ao Peixe. “Nós estamos satisfeitos por estarmos celebrando um dos maiores contratos de nossa história. Temos uma série de projetos que foram colocados dentro deste acordo e que pretendemos concretizá-los”, disse.

De fato, foi uma exigência do clube para a renovação, que fosse traçado um planejamento de expansão da marca Santos. Por isso, estão previstas a construção de uma mega-loja em São Paulo, um bar temático em Santos, um museu itinerante do clube – em parceria com a Wolksvagem, além da participação das categorias de base do Peixe em torneios e amistosos no exterior.

“Nós queremos seguir com esta parceria que vem crescendo junto com a torcida do Santos por todo o Brasil. Eu até comento com amigos meus que eu nunca vi uma quantidade tão grande de camisas do Santos nas ruas de São Paulo”, disse Verardi.

A criação de escolas de futebol do Alvinegro no exterior também será possível através do novo vínculo, que dá a Umbro a possibilidade de exploração deste franchising. Em contrapartida, o time da Vila Belmiro passa a ter participação em royalties, fato este que não acontecia em outros contratos.

Para o presidente Marcelo Teixeira, alguns pontos foram acertados, trazendo mais benefícios ao clube. “Antes não tínhamos participação em royalties, pois os valores vinham dissolvidos no contrato”, disse. “No entanto, com a possibilidade de exploração da nossa marca em outros mercados, entendemos por bem colocar esta claúsula”, explicou.

O mandatário alvinegro também falou sobre o assédio de outras empresas dispostas a fabricar os uniformes santistas. “Eu temia por esta parceria devido ao número de interessados em trabalhar conosco. Nós sempre acreditamos na seriedade da diretoria da Umbro e por isso, resolvemos dar continuidade ao que já está dando certo”, finalizou.


Leia mais sobre: Santos

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo