iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/09 - 17:37

Santos tem direito a porcentagem pela venda de Robinho

Sobre valores, o presidente do clube avisou que o representante escolhido está cuidando do assunto

Gazeta Esportiva

SANTOS - Com a saída do atacante Robinho do Real Madrid para o Manchester City, muito se comentou sobre se o Santos teria direito a receber uma porcentagem pela transação. Clube formador do atleta, o Peixe contratou um advogado para tratar da questão e pleitear o valor a ser recebido pela negociação.

O presidente do clube esclareceu que, de fato, os santistas tem uma quantia a ser recebida. “Contratamos um especialista para cuidar disso. Até porque isso requer um estudo e um cálculo de acordo com o número de anos que o atleta passou no Santos, na base, no profissional, além das condições de sua transferência para o futebol do exterior”, disse.

Sobre valores, Marcelo Teixeira demonstrou não estar a par do assunto, já que o representante escolhido pelo time da Vila Belmiro está cuidando deste assunto. “Nós precisamos de alguém que venha não só para tratar dos valores financeiros, como atuar junto à Fifa, confirmando toda a nossa documentação e, principalmente, junto aos clubes que estão transacionando o jogador”, explicou.

Sem muito dinheiro em caixa, o presidente santista comemorou o fato do Peixe poder receber uma boa soma em dinheiro, já que nenhum jogador foi negociado dentro da janela para o futebol europeu.

“Se estes valores que estão sendo divulgados forem verdadeiros, pelo fato de não termos vendidos o Kléber, o Fabiano Eller e o Roberto Brum, será muito bom”, constatou Teixeira. “É uma receita que não era esperada e que vem sem nós descapitalizarmos o patrimônio maior, que são hoje os atletas que estão no Santos”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Peixe gordo
Marcelo Teixeira comemorou o fato do clube poder receber uma boa soma em dinheiro

Topo