iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/09 - 10:07

Júlio César: “O Lula devia pensar duas vezes antes de falar”

Júlio César perdeu a paciência com o presidente e disse ainda que ele "deveria morar na Argentina"

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O último dia de treinos da seleção brasileira na Granja Comary, em Teresópolis, antes da partida contra o Chile, começou quente. Questionado sobre as declarações dadas pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista coletiva na última quarta-feira, na qual o político elogiou Messi e criticou a indolência da equipe nacional, o goleiro Júlio César abriu fogo: "Eu, como cidadão brasileiro e por ter votado nele, fiquei muito chateado, principalmente pelo que ele falou do Messi", disse o goleiro.

Depois do início "brando", as declarações de Júlio César se inflamaram. "Se ele gosta tanto, que vá morar na Argentina. Renuncie à presidência, vire cidadão argentino e concorra por lá. Quem sabe o Brasil não melhora um pouco com a saída dele?", questionou o titular da meta nacional, sem esconder sua irritação.

Para o camisa um do técnico Dunga, o momento delicado da seleção merecia apoio do principal político do país. "Se ele dissesse uma palavra de apoio, seria uma motivação a mais para todos. Eu aprendi, desde pequeno, a pensar duas vezes antes de abrir a boca. O Lula devia pensar duas vezes antes de falar", sugeriu o goleiro da Inter de Milão.

Apesar de Júlio César ter afirmado que o grupo todo ficou bastante abalado com as declarações do presidente da República, os outros atletas questionados a respeito do assunto preferiram adotar um tom menos ofensivo no discurso.

"Ele é um torcedor e deu sua opinião. Nós queremos ficar focados apenas no nosso trabalho", minimizou o atacante Robinho, acompanhado pelo volante Josué. "Não podemos levar em consideração o que o Lula falou, pois ele é um torcedor e pensou com o coração", comentou, emendando, na seqüência, uma retaliação ao político: "Mas eu não vejo nenhum jogador da seleção cruzando o braço quando perde a bola", concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


CBF News

Tudo em família
Em "momento zen", Júlio César esquece críticas de Lula e curte os filhos e o primo

Topo