iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/09 - 09:22

Contra o Inter, Portuguesa aposta na força, vontade e marcação

Ex-colorado, zagueiro Ediglê garante que equipe tem que se dedicar na marcação e segurar a pressão do Inter

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Às vésperas do confronto contra o Intenacional, pelo Campeonato Brasileiro, o elenco da Portuguesa parece já saber qual o caminho a seguir para conseguir uma vitória fora de casa e a reação na competição: força, vontade e marcação. Para o time rubro-verde, todo cuidado é pouco contra o Colorado.

“Eu acho que temos que igualar eles na força, na marcação. O Inter é um time que, lá dentro, marca muito forte e tem jogadores de qualidade também na frente, então nós temos que igualar a eles na pegada, na força e na vontade para que possamos conseguir surpreendê-los em alguma jogada de velocidade ou até mesmo uma bola parada”, explicou o volante Carlos Alberto.

No entanto, para conter os ânimos do rival, o técnico Estevam Soares terá de delegar a forte marcação a jogadores reservas, já que a dupla titular será desfalque: Dias está suspenso e Gavilan integrou a seleção paraguaia nas Eliminatórias da Copa de 2010.

Para voltar a vencer e deixar a zona de rebaixamento do Brasileirão, o time ainda conta com a experiência do zagueiro Ediglê, ex-jogador colorado. “Temos que jogar com tranqüilidade e nos dedicar bastante na marcação. O Internacional costuma fazer muita pressão quando joga em casa, mas podemos vencer”, disse o defensor, um dos candidatos a assumir a vaga do suspenso Halisson


Leia mais sobre: Portuguesa Internacional

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo