iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/09 - 18:42

Tite faz treino fechado e mantém mistério na escalação
A certeza é que o esquema 3-5-2, com 33% de aproveitamento nos últimos seis jogos, será trocado pelo 4-4-2

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Ainda com algumas indefinições, o técnico Tite segue fazendo mistério sobre o time que irá enfrentar a Portuguesa, no sábado, no Beira-Rio, às 18h20. O comandante colorado realizou treino fechado nesta quinta-feira.

A certeza é que o esquema 3-5-2, com 33% de aproveitamento nos últimos seis jogos, será trocado pelo 4-4-2. “Dessa maneira ganharemos mais gente no meio de campo. É uma tentativa válida. O Tite está tentando arrumar uma formação ideal”, comentou o zagueiro Bolívar, que é uma das dúvidas para a escalação inicial.

Ele pode perder a vaga para Álvaro, porém, o possível titular não abre o jogo: “Estou a disposição. Ainda não teve uma definição do time. Todos precisam estar preparados”, disse o defensor, que deverá fazer sua estréia pelo Inter.

O centroavante Luiz Carlos não quis revelar qual será o ataque titular, mas confirmou que começará a partida. Será a primeira vez que o atacante contratado junto ao Ceará, vai iniciar um jogo com a camisa vermelha. “Tenho que aproveitar a oportunidade. É o jogo da minha vida. Fui contratado para ajudar a equipe com gols e tenho que fazê-los”, afirmou o jogador.

Tudo indica que seu companheiro no setor ofensivo seja Alex. O meia-atacante foi liberado pelo departamento médico do clube e deve ser titular. Com isso, sobra o garoto Walter. Assim, o time não fugirá disto: Clemer, Ricardo Lopes, Índio, Bolívar (Álvaro) e Gustavo Nery; Edinho, Magrão, Andrézinho e Taison; Alex (Walter) e Luiz Carlos.

Antes do embate contra a Portuguesa, Tite terá outra dor de cabeça. Nesta sexta-feira, ele será julgado no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido à expulsão na partida diante do Palmeiras, em 24 de agosto, quando o Inter venceu por 4 a 1. O treinador pode pegar um gancho entre 30 e 180 dias.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo