iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/09 - 15:46

Maradona diz que presidente da Fifa é "escravo dos jogadores"

Ex-jogador argentino minimizou a importância do presidente da Fifa e comentou sobre os times milhonários

EFE


MÁLAGA (Espanha) - Diego Armando Maradona disse nesta quinta-feira que o suíço Joseph Blatter, presidente da Fifa, é um "escravo dos jogadores" e minimizou a importância do dirigente para o futebol.

"Podemos jogar futebol sem ele, mas sem os atletas Blatter não pode fazer nada. Não sabe o que é chutar uma bola", disse o ex-jogador argentino, que está visitando a Espanha.

Maradona falou sobre a invasão dos investidores árabes no futebol europeu, como no caso do grupo dos Emirados Árabes que comprou o Manchester City, novo clube de Robinho.

O argentino lamentou que, em seus tempos de jogador, o futebol não contasse com dirigentes semelhantes aos atuais, como os árabes, o russo Roman Abramovich, dono do Chelsea, e Massimo Moratti, presidente da Inter de Milão.

"Nós sempre tínhamos o mesmo tipo de dirigentes, que só andavam em marcha ré", brincou.

"Torço para que estes novos dirigentes entrem no mundo do futebol, montem grandes equipes e que os jogadores ganhem o que devem ganhar", completou.


Leia mais sobre: Maradona Joseph Blatter

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


WireImage


Maradona afirmou que presidente da Fifa 'não sabe o que é chutar uma bola'

Topo