iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/09 - 00:05

Flamengo bate Figueira e volta ao G-4
Resultado em Floripa fez o rubro-negro carioca subir para a quarta posição com 40 pontos ganhos

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - O Flamengo não encontrou muita dificuldade para derrotar o Figueirense por 3 a 2 em partida disputada nesta quarta-feira no Estádio Orlando Scarpelli em Florianópolis, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado fez o rubro-negro carioca subir para a quarta posição com 40 pontos ganhos e voltar a integrar o G-4, grupo dos clubes que se classificam para a Libertadores. Já o Figueirense continua em queda e agora ocupa o 13º lugar com 28 pontos, bem perto da zona do rebaixamento.

A vitória do Flamengo foi justa porque o time dirigido por Caio Júnior jogou sempre melhor do que o seu adversário. Com Leonardo Moura e Marcelinho Paraíba tendo liberdade para se movimentar por todo o campo, o time carioca envolveu completamente o adversário a partir da metada da etapa inicial.

Na próxima rodada o Figueirense vai enfrentar o Sport na Ilha do Retiro enquanto o Flamengo vai encarar o São Paulo no Morumbi.

O jogo
Os dois times começaram a partida de forma franca, mais preocupados em atacar do que em se defender. E o Figueirense mostrava um pouco mais de agressividade, fazendo com que os jogadores do Flamengo tivessem que entrar mais forte – com dez minutos, Fábio Luciano já tinha recebido o cartão amarelo por entrada dura sobre um adversário.

Aos 11 minutos do primeiro tempo, o Figueirense, que jogava um pouco, melhor teve uma boa chance com Cleiton Xavier que finalizou mal e desperdiçou uma boa oportunidade. Aos 14, foi a vez de Wellington Amorim receber na área, mas demorou demais a concluir e acabou desarmado pela zaga carioca.

O Flamengo subiu de produção, passou a se arriscar um pouco mais e logo chegou ao primeiro gol aos 17 minutos. Marcelinho Paraíba cruzou e Ronaldo Angelim se antecipou a Gomes e colocou nas redes de Wilson. Com a vantagem, o Flamengo passou a jogar melhor, principalmente com Marcelinho Paraíba que se movimentava muito e criava confusão na defesa do Figueira. Aos 20 minutos, quase o Flamengo ampliou com Leonardo Moura, que recebeu um passe de calcanhar de Marcelinho, mas teve seu chute prensado por um zagueiro catarinense.

O Figueirense tentava atacar em velocidade mas errava sempre na hora da conclusão. Aos 38 minutos, após boa manobra do ataque a bola sobrou para Anderson Luís que concluiu fraco sem problemas para o goleiro Bruno. Aos 40 minutos, o Flamengo ampliou o marcador em bela jogada. Leonardo Moura recebeu pela esquerda, lançou Ibson que, de primeira, deixou Marcelinho Júnior livre na área para marcar o segundo gol. Aos 42 minutos, Leonardo Moura recuperou a bola no meio campo e tentou surpreender o goleiro Wilson com um chute de longa distância que passou raspando o travessão.

Os dois times voltaram modificados para o segundo tempo, mas o Flamengo caiu de produção e o Figueirense partiu de forma desesperada para o ataque, na tentativa de reduzir a vantagem da equipe visitante. E o time catarinense acabou marcando logo aos cinco minutos, quando Rafael Coelho se aproveitou da hesitação do zagueiro Fábio Luciano para encher o pé e colocar nas redes de Bruno, que foi na bola, mas não conseguiu impedir que ela entrasse.

O gol animou o Figueirense que passou a pressionar em busca do gol de empate. Aos 16 minutos, Asprilla quase alcançou bola livre na pequena área depois de uma cobrança de falta. Aos 20, Tadeu bateu rasteiro para boa defesa de Bruno e, no lance seguinte, quase Vandinho marcou o terceiro – ele chegou a passar pelo goleiro do Figueirense mas perdeu o ângulo e permitiu a intervenção segura de Wilson.

Para tentar recuperar o toque de bola perdido, Caio Júnior colocou o argentino Sambueza em campo. E com a presença do argentino, o Flamengo voltou a jogar bem e marcou o terceiro gol aos 35 minutos. Sambueza lançou Vandinho que cabeceou para Marcelinho dentro da pequena área. O goleiro Wilson tentou evitar o gol e a bola sobrou para Leonardo Moura empurrar para as redes. O gol fez o Figueirense desanimar, mas já nos acréscimos, o anfitrão marcou o segundo gol, em boa jogada individual de Tadeu.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 2 x 3 FLAMENGO (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 3 de setembro de 2008, quarta-feira
Horário: 22 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson de Carvalho (Fifa-SP) e Anderson Coelho (SP)
Cartões amarelos: Cleiton Xavier, Rafael Coelho, Gomes e Asprilla(Fig) Fábio Luciano, Leonardo Moura, Everton e Jailton(Fla)
Gols: FLAMENGO: Ronaldo Angelim aos 17 minutos e Marcelinho Paraíba aos 40 minutos do primeiro tempo; Leonardo Moura aos 35 minutos do segundo tempo; FIGUEIRENSE: Rafael Coelho aos cinco minutos e Tadeu aos 47 minutos do segundo tempo

FIGUEIRENSE: Wilson; Anderson Luís, Bruno Aguiar (Diogo), Asprilla e William Matheus: Gomes, Ramon (Jairo), Leandro Carvalho e Cleiton Xavier; Wellington Amorim (Tadeu) e Rafael Coelho.
Técnico: Paulo César Gusmão

FLAMENGO: Bruno; Leo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Luizinho; Jaílton, Ibson, Kleberson (Airton) e Everton (Sambueza); Marcelinho Paraíba e Maxi (Vandinho).
Técnico: Caio Júnior


Leia mais sobre: Flamengo Figueirense Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Esportiva

De volta ao paraíso
Flamengo via até a Libertadores ameaçada, mas renasceu com vitória em Florianópolis

Topo