iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/09 - 15:26, atualizada às 17:50 04/09

Felipão admite mágoa, mas deseja "o melhor" para Robinho no City

Treinador desmente críticas à diretoria do Chelsea e começa a mostrar irritação com a imprensa inglesa

EFE

LONDRES (Inglaterra) - O brasileiro Luiz Felipe Scolari, técnico do Chelsea, se pronunciou pela primeira vez sobre o caso Robinho, após a ida do ex-atacante do Real Madrid para o Manchester City.

Na última semana, Robinho havia manifestado seu desejo de se transferir para o clube de Londres em uma entrevista exclusiva à Agência Efe.

Na coletiva concedida nesta quinta, Felipão disse que as pessoas que gerenciam a carreira do jogador não estavam pensando em negociá-lo com o Chelsea. Para o técnico, os representantes de Robinho estavam interessados apenas em um negócio vantajoso.

"Não acho que as pessoas que cercam Robinho estivessem levando a sério sua possível transferência para o Chelsea. Eles estavam procurando apenas o melhor negócio possível", disse.

"Mas repito o que havia falado sobre Robinho. É um jogador muito bom. Desejo o melhor para ele", completou.

Scolari se mostrou conformado com a ausência de reforços nos últimos dias da janela de transferências do futebol europeu. O técnico disse que está satisfeito com o elenco que tem em suas mãos.

"Tenho muitos jogadores talentosos e estou muito feliz com meu time. Vou poder contar com alguns atletas que estão se recuperando de lesões, como (o atacante marfinense) Didier Drogba. John Obi Mikel também está quase recuperado. Michael Ballack e Michael Essien chegaram a jogar lesionados, mas ambos estão melhorando", disse.

Felipão também fez suas primeiras críticas à imprensa inglesa, desde que chegou ao clube londrino.

"Tenho lido os jornais e eles dizem que estou insatisfeito ou com raiva da direção do clube. Isto não é verdade. Nunca falei nada neste sentido e não é o que penso. Estou muito feliz com minha situação", afirmou.

"Tenho um escritório no Chelsea e concedo uma coletiva de imprensa semanalmente. Dou entrevistas à 'Chelsea TV', ao site do clube e até para minha página pessoal. Se as declarações não saem de nenhum destes lugares, não é verdade e não revelarão o que penso", completou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Acabou a paz
"Episódio Robinho" colocou o técnico do Chelsea contra a imprensa da Inglaterra pela primeira vez

Topo