iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/09 - 14:16

Com opções, Botafogo só deve ter Zárate contra a Portuguesa

Atacante Zárate faz um trabalho à parte, elaborado pela comissão técnica para melhorar adaptação ao  jogo brasileiro

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Na manhã desta quinta-feira os jogadores realizaram trabalho na sala de musculação e no campo anexo da sede de General Severiano. Apenas os argentinos não treinaram com o restante do plantel, ficando entregues à preparação física.

O zagueiro Ferrero está recuperando a forma pelos três dias que passou na Argentina resolvendo problemas pessoais e o atacante Zárate faz um trabalho à parte, elaborado pela comissão técnica para sua melhor adaptação ao estilo de jogo brasileiro. O artilheiro só será liberado para a partida contra a Portuguesa, no dia 21 de setembro.

“Vamos esperar um pouco mais para contar com o Zárate. Ele está aprimorando a forma física e não vai ficar à nossa disposição contra o Coritiba e nem contra o Internacional, no outro fim de semana. Depois disso ele retorna contra a Portuguesa. Ne período estamos contando com o Gil, o Wellington Paulista, o Jorge Henrique, enfim, temos boas opções”, afirmou Ney Franco.

Com a chegada do zagueiro Emerson, que estava no Cruzeiro, e do volante Rodrigo Sá, ex-Paulista-SP, que já treinaram normalmente com o restante do elenco, o Botafogo encerrou o ciclo de contratações para a disputa da Copa Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro. Algum nome só seria procurado se algum atleta tivesse sido negociado durante a janela de transferências para o exterior, que se fechou na segunda-feira passada.

Existe ainda a chance de algum atleta que não vem sendo muito utilizado, como o meia Adriano Felício e o atacante Marcelinho, serem negociados com equipes da Série B do Campeonato Brasileiro. Porém como a negociação vai depender dos próprios atletas isso dificilmente vai acontecer, pois Marcelinho recentemente recusou uma proposta para se transferir para a Portuguesa e optou por permanecer em General Severiano, mesmo sendo pouco usado.

Ainda fora de campo o conselho deliberativo do Botafogo confirmou que as eleições presidenciais no clube estão programadas realmente para a segunda quinzena de novembro, embora ainda não tenha uma data específica marcada.

Certo é que nos últimos dias o presidente Bebeto de Freitas, que parecia isolado, mostrou força nos bastidores e com isso membros da situação, que ameaçavam lançar uma chapa sem consultar o dirigente, decidiram tentar uma conversa para que se chegue a um nome de consenso. O preferido continua sendo o deputado estadual João Pedro Figueira (DEM-RJ), embora ele tenha algumas resistências por parte de Bebeto de Freitas.


Leia mais sobre: Zárate Botafogo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo