iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/09 - 22:40

Vasco e Cruzeiro buscam triunfo por objetivos opostos

Cruzeiro luta para se manter na briga pelo título, já o Vasco briga para se distanciar da zona de rebaixamento

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Vasco e Cruzeiro se enfrentam nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, em uma partida que as duas equipes buscam a vitória por objetivos opostos. Com 26 pontos, o Cruzmaltino, que vem de derrota por 2 a 1 para o Grêmio, quer se distanciar da zona de rebaixamento.

Já a Raposa, que ficou no empate por 1 a 1 com o Coritiba, no fim de semana, planeja encurtar a distância para os gremistas, que lideram com 48 pontos, oito a mais que os cruzeirenses.

Tita, técnico do Vasco, conversou com seus jogadores sobre a importância deles terem paciência ao longo do confronto, principalmente pela qualidade do Cruzeiro. Existe um temor que o Cruzmaltino parta logo para o ataque e acabe sendo surpreendido nos contra-golpes.

“Para nós, seria muito ruim levar um gol e largar em desvantagem. Por isso, temos que atuar com muita inteligência, buscando sempre o gol, mas sem darmos campo para o contra-ataque do Cruzeiro, que costuma ser mortal. Neste jogo, será fundamental valorizar a posse de bola e ter uma excelente movimentação ofensiva”, analisou Tita.

Os jogadores do Vasco concordam com o treinador e esperam muitas dificuldades diante dos cruzeirenses. Justamente por isso, eles estão convocando os torcedores para a partida.

“O Cruzeiro tem um belo time e por isso está muito próximo da liderança. Vamos precisar usar todas as nossas forças para conseguirmos um resultado positivo, que para mim será muito importante. O apoio de nossa torcida é uma de nossas principais forças”, convocou o lateral-direito Wagner Diniz.

Para esta partida, o Vasco vai bem modificado em relação à formação que foi derrotada pelo Grêmio. Isso porque o volante Jonílson, o meia Madson e o atacante Edmundo estão de volta, após cumprirem suspensão. Desta forma, Wagner Diniz retorna à lateral direita, e Jean ao meio-de-campo. O volante Rodrigo Antônio, com dores musculares na coxa esquerda, será poupado.

Pelo outro lado, o Cruzeiro já não vence há três partidas, e precisa quebrar esta série diante do Vasco para tentar diminuir a diferença de oito pontos aberta pelo Grêmio. Para o técnico Adilson Batista, os jogadores têm que acreditar no título e manter este foco, apesar do mau momento atual.

“Vamos pensar lá na frente. É evidente que em todas as equipes acontece uma queda. Houve isso com o Flamengo, e agora conosco. Precisamos recuperar e trabalhar para vencer o próximo jogo”, argumentou o treinador.

Outro que mostra confiança é o volante Henrique. O atleta acredita na vitória não só sobre o Vasco, mas também sobre o Palmeiras, no jogo seguinte, no dia 14. “Se vencermos essas duas partidas, o grupo fica fortalecido, principalmente se estivermos numa seqüência boa. Pior do que o momento atual, não vai existir. Agora, a rotina será de vitórias”, prometeu.

O retrospecto do Cruzeiro na Cidade Maravilhosa neste Brasileirão é favorável, o que pode deixar os torcedores otimistas para esta quinta. Das três vitórias que o time obteve fora de casa, duas foram no Rio, contra Flamengo e Fluminense. O único carioca a bater a Raposa foi o Botafogo, jogando no Engenhão.

Para esta partida, a equipe celeste tem três desfalques. Marquinhos Paraná e Jadílson estão contundidos, enquanto Espinoza viaja para defender a seleção Equatoriana. Assim, há dúvidas na defesa – entre Léo Fortunato e Thiago Martinelli – e na lateral-esquerda – entre Carlinhos e Fernandinho. Como de praxe, o companheiro de ataque de Guilherme também está indefinido e Gerson Magrão pode ter uma chance no setor.

FICHA TÉCNICA
VASCO x CRUZEIRO
Local:
São Januário, no Rio de Janeiro
Data: 4 de setembro de 2008, quinta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Assistentes: Marcio Luiz Augusto e Marcelo Van Gasse (ambos de SP)

VASCO: Tiago; Wagner Diniz, Eduardo Luiz, Jorge Luiz e Edu; Jonílson, Serginho, Madson e Jean; Edmundo e Alan Kardec
Técnico: Tita

CRUZEIRO: Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Fortunato (Thiago Martinelli) e Carlinhos (Fernandinho); Fabrício, Henrique, Ramires e Wagner; Gerson Magrão (Wanderley) e Guilherme
Técnico: Adilson Batista


Leia mais sobre: Cruzeiro Vasco Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo