iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/09 - 07:55

Atlético-MG busca vitória em casa contra São Paulo
Galo tem a obrigação de buscar um resultado positivo em casa, para se distanciar da zona de rebaixamento

Gazeta Esportiva

 


BELO HORIZONTE - O título do Campeonato Brasileiro está cada vez mais distante do São Paulo. Atual bicampeão nacional, o Tricolor não está conseguindo emplacar uma campanha com regularidade e, desta forma, está encontrando dificuldades em se manter vivo na caça à liderança.

 
No entanto, a obrigação de conseguir pelo menos uma vaga na próxima Libertadores faz o time de Muricy Ramalho encarar o Atlético-MG com a missão de vencer para tentar voltar ao G-4.
 
O duelo entre Tricolor e Galo está agendado para a noite desta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no estádio do Mineirão. Enquanto o time paulista sonha em voltar ao G-4, o Galo tem a obrigação de buscar um resultado positivo em casa para se distanciar definitivamente da parte de baixo da tabela e se firmar na luta por uma vaga na próxima Copa Sul-americana. Mesmo com as dificuldades dos donos da casa, Muricy Ramalho prevê um jogo difícil nesta quarta.
 
“O Atlético sempre é um time difícil e de camisa. Mas, neste Brasileiro, as equipes mudam muito de um jogo para o outro e, por isso, todas estão oscilando. Em casa, o Atlético precisa ganhar, mas nós também precisamos. Será um jogo difícil e os dois times vão procurar a vitória”, analisou o comandante tricolor.
 
O meia Hugo, por sua vez, não se arriscou a dar palpites sobre a forma que o Atlético enfrentará o Tricolor. “Não dá para saber o que vai acontecer quando enfrentam o São Paulo. Muitas vezes, as equipes entram com três zagueiros para jogar contra nós, mas temos de esperar para ver no campo a formação que vão usar”.
 
Aliás, o próprio Hugo será a novidade do São Paulo nesta quarta-feira. Depois de cumprir suspensão automática no clássico contra o Santos, o meio-campista está de volta para o duelo no Mineirão e assumirá a vaga deixada por Hernanes, que está defendendo a seleção brasileira nas Eliminatórias. O atacante Dagoberto também está à disposição de Muricy, mas ainda terá de disputar posição com André Lima.
 
O São Paulo ocupa a quinta colocação no Brasileirão, com 38 pontos, dez atrás do líder Grêmio. Já o Atlético-MG aparece no 12º lugar, com 29. Desta forma, o Galo está levando a partida desta quarta bastante a sério. A concentração dos jogadores foi antecipada e, desde segunda, a ordem na Cidade do Galo é pensar no São Paulo. Uma vitória sobre um postulante ao título elevaria o moral dos jogadores, abalado pela pressão e pela má campanha.
 
Até o momento, a campanha alvinegra diante dos cinco melhores times do Brasileirão não é nada boa. No turno, o Galo conseguiu apenas um empate, contra o Palmeiras no Mineirão. No clássico contra o Cruzeiro, vitória celeste por 2 a 1. Já Grêmio, Botafogo e São Paulo golearam a equipe atleticana.
 
A tarefa não deve ser fácil para o Atlético-MG. Recuperando-se de contusões, Petkovic e Marques ficam mais uma partida longe dos gramados. Ambos têm 35 anos e parecem estar sentindo o peso da maneira como o futebol é jogado atualmente. O meia já está fora há três jogos, e o atacante há dois.
 
Ocupando a vaga deixada pelo sérvio, Lenílson vem sendo o destaque do time e não quer ser visto como um tampão. “Quando eu fui contratado, eu não vim com a cabeça de substituir ninguém. Vim com a cabeça de procurar meu espaço no dia-a-dia. Não estou aqui para substituir o Pet. Estou aqui para ser uma peça do grupo”, avisa.
 
Se hoje o São Paulo ostenta o título de bicampeão brasileiro, deve em parte a Lenílson, que lá esteve em 2006 e em 2007. Mesmo assim, o meia-atacante do Galo utiliza o discurso do bom profissional. “É legal essa amizade que a gente deixa, mas quando começa o jogo tenho de esquecer a amizade e defender o meu lado”, garante.
 


FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X SÃO PAULO

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 3 de setembro de 2008, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Ubirajara Ferraz Jota e Alcides Augusto de Lira Júnior (ambos de PE)

ATLÉTICO-MG: Édson; Mariano, Marcos, Leandro Almeida e Calisto (César Prates); Rafael Miranda, Serginho, Márcio Araújo e Lenílson; Renan Oliveira e Jael
Técnico: Marcelo Oliveira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Rodrigo, André Dias e Miranda; Joilson, Jean, Richarlyson, Hugo e Jorge Wagner; André Lima (Dagoberto) e Borges
Técnico: Muricy Ramalho

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Vipcomm

Volta ao G-4 ?
Para o time de Muricy, a obrigação é conseguir pelo menos uma vaga na próxima Libertadores

Topo