iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/09 - 12:01

Após fechamento da janela, clubes encaram um novo Brasileirão

Sem muitos dos seus craques, o clubes precisarão se adaptar para manter ou melhorar o rendimento no campeonato

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Com mais de meia centena de negociações internacionais, encerrou-se na última segunda-feira a janela de transferências para o mercado europeu, período no qual os clubes do Velho Continente puderam reforçar o elenco com os destaques do mundo todo, especialmente do futebol brasileiro.

Em 2008, manteve-se constante o êxodo de craques, motivado pelas revelações da primeira metade do Campeonato Brasileiro, assim como pela necessidade dos clubes em fazer caixa diante de propostas milionárias.

Mais do que encerrar as dores de cabeça dos treinadores e os anseios de dirigentes e empresários, a data passa uma linha divisória no Brasileirão: sem muitos dos seus craques, o clubes precisarão se adaptar para manter ou melhorar o rendimento.

Seis anos após a implementação do campeonato nacional na disputa por pontos corridos, o planejamento que aos poucos vai evoluindo nos clubes tratou, também, de, pelo menos, deixá-los mais preparados para a saída dos jogadores. Enquanto na última temporada 81 jogadores deixaram o país, seduzidos pelas propostas internacionais, desta vez o número diminuiu para 57. Além disso, os próprios treinadores já começam a competição se preparando para as possíveis baixas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo