iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/09 - 21:14

Técnico boliviano pede que equipe não se poupe contra Equador
A Bolívia será adversária da seleção brasileira no próximo dia 10, no Estádio João Havelange, no Rio de Janeiro

EFE

LA PAZ (Bolívia) - O treinador da seleção boliviana, Erdwin Sánchez, pediu hoje que seus jogadores "não se guardem nada" no jogo contra o Equador, no sábado, em Quito, pela sétima rodada das Eliminatórias Sul-americanas à Copa de 2010, O treinador destacou à imprensa do país a "potência" do time equatoriano principalmente nas laterais, aspecto que sua equipe "tentará equilibrar".

Sánchez disse estar "tranqüilo" quanto à partida, pois "faltam poucos jogadores para o elenco ficar completo". Faltam se juntar ao grupo o meia de origem paraguaia Pablo Escobar, do Ipatinga, e o atacante Marcelo Moreno, ex-cruzeiro e atualmente no Shakhtar, da Ucrânia, que chegarão à concentração nas próximas horas.

A Bolívia será adversária da seleção brasileira no próximo dia 10, no Estádio João Havelange, no Rio de Janeiro, pela oitava rodada das Eliminatórias.

Após seis rodadas disputadas, a Bolívia ocupa a penúltima colocação do torneio com quatro pontos. O líder é o Paraguai com 13. O Brasil está em quinto e tem apenas nove.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias