iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/09 - 11:03

Robinho chega para ser o líder de um novo City

O brasileiro chega para liderar o time que ambiciona os títulos mais importantes da Inglaterra e da Europa

Gazeta Esportiva

LONDRES (Inglaterra) - O Abu Dhabi United Group (ADUG) assumiu o controle do Manchester City nesta segunda-feira e já protagonizou a mais surpreendente transação da janela de transferências do futebol europeu ao atravessar o Chelsea e tirar o atacante Robinho do Real Madrid por 40 milhões de euros (cerca de R$ 96,5 milhões).

De acordo com o porta-voz do grupo árabe, Sulaiman Al-Fahim, a chegada do brasileiro é só um dos primeiros passos rumo a uma era de glórias do até outro dia modesto time inglês, que conquistou o Nacional em apenas duas ocasiões, a última no distante ano de 1968.

'Queríamos um elenco bem melhor que o da temporada passada e pretendemos conquistar troféus', avisou. “A meta é ficar entre os quatro primeiros nesta temporada. Para isso, compraremos quem for preciso”, emendou Al-Fahim, já projetando a próxima janela de transferências.

O grupo árabe comprou o City em negociação concluída no último domingo por um valor não revelado. Antes, o tradicional clube de Manchester estava nas mãos de Thaksin Shinawatra desde maio de 2007. O ex-primeiro-ministro tailandês, que seguiu para a Inglaterra para escapar das denúncias de corrupção em seu país natal, investiu pesado na equipe, então comandada pelo sueco Sven-Goran Eriksson, mas fechou a temporada em um modesto nono lugar, com 55 pontos em 38 rodadas, e levou uma goleada por 8 a 1 do Middlesbrough na última rodada do Inglês.

A bombástica contratação de Robinho já prova que os novos investidores prometem fazer barulho no mercado europeu. Nesta terça-feira, o clube já deu a camisa 10 ao brasileiro, mesmo número que vestiu no Santos e no Real Madrid, e fez festa para o novo reforço no seu site oficial, chamando-o de brilhante e pintando a página inicial de verde e amarelo. O brasileiro chega para ser o líder de um novo City, que ambiciona os títulos mais importantes da Inglaterra e da Europa.

“O dinheiro do grupo árabe e Robinho transformarão o Manchester City”, aposta Mark Hughes, substituto de Eriksson no comando da equipe. “É um momento fantástico do clube, é só o começo das coisas que planejamos fazer. Robinho traz muita qualidade ao nosso elenco. Tem um talento excepcional e nossos adversários terão medo dele”, concluiu. Após três rodadas, o time que já conta com os brasileiros Elano, Jô e Glauber aparece na terceira colocação do Campeonato Inglês, com sete pontos.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo