iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/09 - 10:33

Real Madrid diz que Robinho estava desesperado

"Quando ele falou sobre sua situação, ele chorava e pedia para sair da Espanha. Ele estava desesperado", revelou Calderon 

Agência Estado

MADRI (Espanha) - Ramón Calderon, presidente do Real Madrid, afirmou, em entrevista à rádio espanhola Cadena Ser, que decidiu negociar Robinho com o Manchester City, mesmo contra a vontade do técnico Bernd Schuster, porque o jogador brasileiro estava desesperado.

"O rapaz estava em uma situação terrível. O problema do Robinho era pior do que todos nós acreditávamos. Falei com ele várias vezes. Quando ele falou sobre sua situação, ele chorava e pedia para sair da Espanha. Ele estava desesperado", revelou.

Calderón reiterou que no clube espanhol não desejava negociar Robinho. "O Real Madrid não tem interesse em vender jogadores. Temos de defender os interesses do clube. As razões para a venda foram esportivas e humanas", justificou.

O dirigente garantiu que Robinho não está chateado por não ter sido negociado com o Chelsea. "Ele não está incomodado por ir ao Manchester City. A saída dele de Madri não foi apenas devido a razões esportivas, existe outra coisa que eu não posso compreender. Você não pode impedir ninguém contra a sua vontade de ficar no clube", finalizou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo