iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/09 - 10:33

Jornalista diz ter provas de manipulação em jogo do Brasil

Declan Hill disse ter gravações que mostram a intervenção de máfias de apostadores na Copa do Mundo de 2006

EFE

BERLIM (Alemanha) - O jornalista canadense Declan Hill afirma que tem gravações que mostram a intervenção de máfias de apostadores na Copa do Mundo de 2006, que envolve, entre outros, o ex-jogador ganês Abukari Damba na partida em que sua seleção foi derrotada pelo Brasil por 3 a 0 pelas oitavas-de-final da competição.

Segundo Hill, uma máfia tailandesa - com quem Damba mantinha contato - apostou em uma vitória do Brasil por pelo menos dois gols de diferença sobre Gana.

O canadense, que lançou na Alemanha seu livro "The Fix: Soccer and Organized Crime", focado nas máfias de apostadores, afirmou em um programa de televisão e ao jornal "Bild" que tem gravações de suas conversas com Damba.

Hill afirmou ainda que está disposto a divulgá-las na internet para mostrar que o ex-jogador confessou a ele que manteve contatos com os apostadores tailandeses.

Segundo o jornalista, o grupo tentou manipular os resultados de outros jogos da Copa de 2006, como os da seleção italiana contra Gana (na primeira fase) e Ucrânia (nas quartas-de-final), e o da Inglaterra contra o Equador, pelas oitavas-de-final.

Damba negou as afirmações e chamou de mentirosas as acusações do jornalista.

O livro de Hill se concentra na ação de máfias asiáticas de apostadores tanto na Copa de 2006 quanto em partidas do Campeonato Alemão.

No centro das suspeitas está um malaio identificado como William Bee Wah Lim, que teria apostado mais de dois milhões de euros em uma vitória do Hannover 96 sobre o Kaiserslautern e cerca de 4 milhões de euros em um triunfo do Karlsruher sobre o Siegen, numa partida da segunda divisão.

As duas partidas terminaram com resultados favoráveis ao apostador - que já tinha sido condenado em uma ocasião pela justiça alemã por manipulação de resultados na terceira divisão -, mas em nenhum dos dois casos se tratou de um resultado surpreendente.

A federação alemã de futebol e a liga de futebol do país anunciaram que investigarão as denúncias.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

Contato com a máfia
A máfia teria apostado numa vitória do Brasil sobre Gana, com pelo menos 2 gols de diferença

Topo