iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/09 - 22:24

Estreando técnico, Marília vence Juventude e respira aliviado

O gol do MAC na partida foi marcado por Bruno Ribeiro, em cobrança de pênalti no segundo tempo

Gazeta Esportiva

MARÍLIA - Necessitando urgentemente de pontos, o Marília para deixar as últimas posições na tabela e o Juventude para manter as esperanças de ascender ao pelotão de frente, os dois clubes se enfrentaram nesta terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro, no Interior paulista. Melhor para o MAC que, com um pênalti convertido por Bruno Ribeiro, conseguiu vencer de deixar a zona de rebaixamento.

Estreando o comando de Guilherme Alves, que substituiu o demitido Jorge Rauli, o Marília conseguiu deixar o grupo dos quatro piores classificados. Entrando na rodada com a 18ª posição, com três pontos a mais o time subiu para o 14ª lugar, conseguindo – ao menos provisoriamente – alguma tranqüilidade para a seqüência do torneio.

Já o Juventude, além do jogo, perdeu também uma posição na classificação geral: de oitavo para nono, mantendo-se com os 32 pontos e ficando cada vez mais distante do G-4. O time de Caxias do Sul está nada menos que 16 pontos atrás do líder Corinthians, e se vê cada vez mais longe do sonho de retornar à elite do futebol nacional do ano que vem.

Nesta terça-feira, o time mandante, que havia entrado na zona de degola da Série B do Brasileirão ao perder para o Paraná, começou melhor no jogo prometido como o início de sua recuperação. Mais ofensivo, o MAC esbarrava ou na forte marcação alviverde ou – mais frequentemente – na inapetência de seus atacantes.

O único lance de perigo no primeiro tempo de partida coube ao atacante Bruno, que aos 23 minutos, recebeu sozinho dentro da área, limpou e chutou forte. Michel Alves, no entanto, saiu bem do gol e se esticou para fazer boa defesa.

O Juventude, que vinha de uma derrota inesperada no sábado, em casa, para o Bragantino, atinha-se à defesa, e acabaria punido na etapa complementar do jogo, quando Dirley derrubou Marcinho dentro da área e o árbitro Felipe Gomes da Silva não titubeou: pênalti, cobrado no meio do gol e convertido por Bruno Ribeiro, logo aos dois minutos.

Aos 43 minutos, o Juventude ainda teria uma grande chance com Hugo Casagrande, filho do ex-craque corintiano Walter Casagrande. O juiz, no entanto, anulou o lance, alegando impedimento do jogador.

Com o resultado, mantido até o final, o Juventude tentará voltar aos dias melhores do início da Série B com uma vitória diante do ABC, tendo ao menos o apoio da torcida do Estádio Alfredo Jaconi. Já o Marília tentará afastar de vez o ‘fantasma’ da Série B diante do Santo André, no Bento Abreu.

FICHA TÉCNICA
MARÍLIA 1 X 0 JUVENTUDE

Local: Estádio bento de Abreu, em Marília-SP
Data: 2 de setembro de 2008 (terça-feira)
Horário: 20h30 (Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva-RJ
Assistentes: Ricardo Maurício Ferreira de Almeida-RJ e Eduardo de Souza Couto-RJ
Cartões amarelos: Fernando, João Vitor, Flávio, Chiquinho, Serginho, João Marcos (Marília); Dirley, Márcio Alemão, Egídio, Marcelo Costa (Juventude)
Cartão vermelho: João Vitor (Marília)

Gol: MARÍLIA: Bruno Ribeiro, aos dois minutos do segundo tempo.

MARÍLIA: Giovanni; Flávio, Rafael Fefo e Fernando; Chiquinho, João Vitor, João Marcos, Rodrigo Batata (Serginho) e Bruno Ribeiro; Marcinho (Fábio Recife) e Betinho.
Técnico: Guilherme Alves

JUVENTUDE: Michel Alves; Alex, Márcio Alemão, Dirley e Egídio; Juan Pérez, Lauro, Marcelo Costa (Ugo Casagrande) e Abedi (Bruno); Maycon (Thiago) e Ivo.
Técnico: Ivo Wortmann.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo