iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/09 - 09:17

Empresa árabe afirma ter comprado Manchester City
Enquanto o time nega confirmação, grupo Adug diz ter entrado em acordo com atual dono do clube inglês

Trivela.com

MANCHESTER (Inglaterra) - Uma empresa dos Emirados Árabes afirmou ter chegado a um acordo nesta segunda-feira para a compra do Manchester City. O Abu Dhabi United Group Investment and Development (Adug) confirmou o acerto com Thaksin Shinawatra, atual dono do clube inglês.

O Manchester City, por sua vez, informou em uma nota oficial na qual diz que as negociações continuam. “O clube confirma a existência de conversas com o Adug com a pretensão de investir na equipe. Um outro comunicado será divulgado pelo Manchester City quando for apropriado.”

Segundo a empresa, o acordo teria sido fechado neste domingo, após uma reunião entre Sulaiman Al-Fahim, um de seus diretores, e Pairoj Piempongsant, conselheiro de Shinawatra. Ainda de acordo com o comunicado do Adug, a empresa “terá todos os direitos administrativos” do clube; o atual proprietário seria um presidente de honra, “sem responsabilidades gerenciais”.

Al-Fahim ainda prometeu “resolver os problemas do clube” e “solucionar os pagamentos pendentes”, além de “trazer os melhores jogadores do mundo” para o Manchester City, “que se classificará para a Liga dos Campeões na temporada 2009/10”.

Shinawatra assumiu o comando do clube em julho de 2007 por cerca de US$ 151 milhões. Ex-primeiro-ministro tailandês, ele é acusado de crimes de corrupção, tráfico de influência e abuso de poder em seu país. Sua esposa, Pojaman, já foi condenada por fraude nas declarações de imposto de renda. Há algumas semanas, ele havia cogitado a possibilidade de vender o Manchester City

 

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo