iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/09 - 14:23

Botafogo comemora semana livre para treinos

Como os meses de julho e agosto são de rodadas de meio de semana no Brasileirão, o Botafogo enfrentou uma maratona

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Botafogo deu início nesta segunda-feira a sua preparação para a partida do próximo sábado, contra o Coritiba, no Couto Pereira, disposto a esquecer o tropeço diante do Náutico, quando o time não conseguiu passar do empate por 1 a 1 no Engenhão, mesmo jogando boa parte do segundo tempo com um homem a mais, devido à expulsão do volante Alceu.

Mesmo assim, os jogadores e o técnico Ney Franco encontraram uma motivação: o fato de o elenco enfim ter uma semana livre para trabalhar.

Como os meses de julho e agosto são de rodadas de meio de semana no Campeonato Brasileiro, o Botafogo enfrentou uma maratona. Mesmo quando a competição nacional deu uma parada, o Glorioso teve que enfrentar por duas vezes o Atlético-MG pela Copa Sul-Americana. Dessa maneira o plantel não tem uma semana cheia para trabalhar, sem jogos na quarta ou quinta-feira, desde a primeira semana de julho.

”Eu mesmo desde que cheguei ao Botafogo tive que fazer dois jogos por semana e nem consegui trabalhar alguns dias com o elenco. Era jogo toda quarta ou quinta e sábado ou domingo, com poucos dias para treinos e mais para recuperar os jogadores. Isso vai acabar sendo bastante proveitoso, até porque as próximas semanas serão todos de um único jogo”, comemorou Ney Franco.

Os jogadores do Botafogo também comemoraram muito o período sem jogos no meio de semana. O meia Carlos Alberto acredita que o desgaste do elenco acabou sendo decisivo para o Botafogo perder pontos importantes para Vasco e Náutico, ambos empates por 1 a 1.

“Temos que lembrar que nesses jogos o Botafogo saiu na frente e acabou sofrendo os gols nos minutos finais, quando o desgaste era muito grande por causa da maratona de partidas. Não queremos ficar de fora de nenhum jogo e por isso nos entregamos muito em campo. Mas uma hora o corpo acaba sentindo. Essa parada será muito importante justamente para isso, pois com tempo para treinar dá para se recuperar e ainda corrigir alguns erros”, disse o meia.

A possibilidade de trabalhar para corrigir o que vem dando errado nos jogos é o que mais anima o volante Diguinho para os próximos treinos. “Contra Vasco e Náutico levamos gols em jogada de bola parada e isso precisa ser corrigido nos treinamentos para que não volte a acontecer nas partidas. Foram quatro pontos perdidos assim e que irão fazer muita falta mais à frente”, lamentou.

A semana sem jogos também será importante para recuperar alguns atletas que estavam dando sinais de fadiga muscular e ameaçavam virar desfalque a qualquer momento, casos do lateral-direito Thiaguinho e do meia Lucio Flavio. Outro que se recupera de um estiramento muscular na coxa esquerda e que pode retornar é o atacante Wellington Paulista. O volante Leandro Guerreiro, se recuperando de lesão na coxa direita, ainda será avaliado.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo