iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/09 - 20:28

Bolivianos adiam greve e dão seqüência às Eliminatórias

Apesar da ameaça de paralisação, os atletas começaram nesta segunda-feira a preparação para eliminatórias

Gazeta Esportiva

LA PAZ (Bolívia) - Foi por pouco que a seqüência das Eliminatórias Sul-americana para a Copa do Mundo de 2010 não foi interrompida por conta de uma greve dos jogadores da seleção da Bolívia. Apesar da ameaça de paralisação, os atletas começaram nesta segunda-feira a preparação para os jogos contra o Equador e o Brasil.

O sindicato dos jogadores (Fabol) e a Federação Boliviana de Futebol (FBF) chegaram a um acordo para que os próximos jogos sejam realizados normalmente, sem alteração do calendário.

'A Federação (FBF) garantirá que os clubes entrem em acordo com os atletas. Confiamos que isso vai acontecer', explicou Silvio Rojas, secretário-geral da Fabol.

Com isso, os jogadores comandados pelo técnico Erwin Sanchez seguem treinando em Cochabamba, onde permanecerão até a próxima quarta-feira, quando viajam para Quito antes do jogo do dia 6 de setembro contra o Equador.

'O grupo ainda não está completo devido ao atraso de três dos cinco 'legionários' convocados por Sanchez', afirmou Javier Silva, porta-voz da FBF.

Após a partida contra o Equador, a Bolívia enfrenta a seleção brasileira no dia 10, em jogo que será realizado no Maracanã.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo