iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

31/08 - 20:07, atualizada às 21:35 31/08

De volta ao Canindé, Lusa fica no empate com o Galo
Portuguesa, que teve a estréia de seu terceiro uniforme, de cor preta, continua na zona de rebaixamento

 

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O elenco falou durante a semana inteira e, neste domingo, a Portuguesa confirmou o bom retrospecto que tem diante de sua torcida ao empatar em 1 a 1 com o Atlético-MG no Canindé, evitando nova derrota no Campeonato Brasileiro. Assista aos gols no player ao lado >>

O resultado, no entanto, não serve a nenhum dos times: a Lusa continua na vice-lanterna da competição, na zona de rebaixamento e, com novo tropeço, a situação do Galo continua delicada.

A noite foi de muitas mudanças na Portuguesa, que teve a estréia de seu terceiro uniforme, de cor preta, assim como a estréia do técnico Estevam Soares, contratado após a demissão de Valdir Espinosa. Em campo, o time paulista dominou totalmente o Galo, que finalizou apenas duas vezes em gol.

Apesar do pouco volume de jogo, o Galo saiu na frente em cobrança de falta de longe de César Prates – mais tarde o jogador seria, também, o autor da outra finalização, acertando a trave. A Lusa só chegou ao empate no segundo tempo, quando Washington empatou para evitar a quarta derrota consecutiva do time no Brasileirão.

O jogo
A Portuguesa começou o jogo partindo com tudo para cima dos visitantes e, nos cinco minutos iniciais, quase abriu o placar em seqüência de jogadas perigosas, como quando Edno subiu, em cobrança de escanteio, e cabeceou perigosamente.

A primeira tentativa de ataque do Galo só foi acontecer aos 13 minutos e, apesar disso, o time conseguiu abrir o placar. Aos 15 minutos, César Prates bateu falta de longe e conseguiu surpreender o goleiro Sérgio, que, de volta ao time titular, não alcançou a bola.

Atrás no placar, o time rubro-verde partiu de vez para cima mas acabava se atrapalhando em seus próprios erros no ataque. Aos 33 minutos, o lateral Patrício quase empatou, batendo forte de fora da área, mas a bola passou próxima ao ângulo direito de Edson. Aos 42 Edno também teve boa chance, quando bateu com força uma falta de fora da área, mas Edson foi buscar, fazendo bela defesa.

Já no segundo tempo a história continuava a mesma e, aos 11 minutos, o técnico Estevam Soares mexeu no time para deixa-lo mais ofensivo: saiu o latera-esquerdo Bruno Telles para a entrada do atacante Fellype Gabriel, transformando a Lusa para o esquema 4-3-3. Com isso, havia mais espaço para os contra-ataques, que foram muito pouco explorados pelo Galo.

Depois de muita insistência, o gol de empate do anfitrião saiu. Aos 20 minutos, Washington entrou com velocidade pelo meio da área e completou passe cruzado de Jonas, empatando. Dez minutos mais tarde, o Atlético-MG quase voltou à frente do placar, quando, em uma das poucas chances do time, César Prates bateu na trave de Sérgio.

A Lusa continuou pressionando até o final do jogo, mas não foi o suficiente para conquistar as vitórias. Aos 43, Edno cobrou falta e Washington cabeceou a queima-roupa, mas Edson fez grande defesa, evitando a derrota dos mineiros fora de casa.

FICHA TÉCNICA (veja como foi lance a lance a partida)
PORTUGUESA 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 31 de agosto de 2008, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Émerson Luiz Sobral (PE)
Assistentes: Jossemmar José Diniz Moutinho e Luciano José Coelho Cruz (ambos de PE)

Cartões Amarelos: Dias, Gavilán (Portuguesa); Calisto, Serginho e Lenílson (Atlético-MG)
Cartão Vermelho: Bruno Rodrigo (Portuguesa)

Gols: PORTUGUESA: Washington, aos 20 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-MG: César Prates, aos 15 minutos do primeiro tempo

PORTUGUESA: Sérgio; Patrício (Vaguinho), Bruno Rodrigo, Halisson e Bruno Telles (Fellype Gabriel); Gavilán, Dias, Preto e Edno; Jonas e Washington (Aderaldo)
Técnico: Estevam Soares

ATLÉTICO-MG: Édson; César Prates, Marcos, Leandro Almeida e Calisto; Rafael Miranda, Serginho, Márcio Araújo e Lenílson (Pedro Paulo); Renan Oliveira (Raphael Aguiar) e Jael (Tchô)
Técnico: Marcelo Oliveira


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo