iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/08 - 19:05

Por maioria esmagadora, novo estatuto corintiano é aprovado

Contando com grande parte dos votos, os sócios optaram por mudanças radicais no âmbito político do clube

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Enquanto o Timão massacrava o ABC-RN no Pacaembu e conquistava mais três pontos, ficando ainda mais próximo do retorno à elite do futebol brasileiro, os sócios do clube decidiam uma página histórica na vida do Alvinegro no Parque São Jorge: a mudança do Estatuto. Por maioria absoluta entre os 835 votantes, os sócios do Corinthians votaram a favor do novo Estatuto e optaram por mudanças radicais no âmbito político da equipe do Parque São Jorge.

Com 762 votos a favor e somente 73 contra, fica decidido, a partir de agora, que não há mais reeleição para a presidência do Corinthians e que os pleitos para definir o mandatário do clube acontecerão em eleição direta com a participação dos sócios, ao contrário do cenário atual, que permitia apenas a presença dos conselheiros no pleito.

Ficou decidido também que não haverá mais indicações para conselheiros vitalícios no Alvinegro até que todos os 194 já existentes morram. Os que morrerem não serão mais substituídos.

O novo cenário político do clube não impedirá, no entanto, que o atual presidente, Andrés Sanchez, possa ficar à frente no poder por mais dois anos a partir de 2009. Como assumiu o cargo em um mandato-tampão no lugar de Alberto Dualib, pode concorrer normalmente no próximo pleito, em fevereiro.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo