iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/08 - 11:20

Kaká: ‘Acho que a medalha de bronze deve ser valorizada’

O meia ainda se recupera de uma artroscopia no joelho esquerdo e deve ficar mais 15 dias fora dos gramados

Gazeta Esportiva

MILÃO (Itália) - Impedido pelo seu clube, o Milan, de disputar as últimas Olimpíadas, o meia Kaká acredita que o terceiro lugar conquistado pela seleção brasileira em Pequim deve ser considerado mais do que um prêmio de consolação.

“Assisti aos jogos, torci bastante e acho que a medalha de bronze deve ser valorizada. Mas entendo que no Brasil isso seja difícil pela expectativa que se cria sobre a seleção”, avaliou Kaká.

O meia, que ainda se recupera de uma artroscopia no joelho esquerdo, deve ficar mais 15 dias fora dos gramados e, desta forma, desfalca o Milan na estréia do Campeonato Italiano neste domingo, contra o Bologna.

Mesmo assim, o brasileiro mostra otimismo com a campanha do time na temporada que se inicia, principalmente pelo ataque que o Milan terá, com os brasileiros Ronaldinho Gaúcho, Alexandre Pato e o próprio ex-são paulino.

“(O ataque do Milan) Pode ser considerado um dos melhores do mundo se levar em conta ainda que o Ancelotti (Carlo, técnico do Milan) pode escolher entre esses três (Kaká, Pato e Ronaldinho) e também Inzaghi e Shevchenko”, apontou o meia.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo