iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/08 - 10:24

Real exige pedido de desculpas para ficar com Robinho

O atacante tem ainda dois anos de contrato com o clube merengue e terá que pedir desculpas ao clube e aos torcedores

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - A janela de transferências termina nesta segunda-feira, e o atacante Robinho ainda não concretizou a tão sonhada transferência para o Chelsea de Luiz Felipe Scolari. Diante da indefinição, o Real Madrid até cogita permanecer com o brasileiro, segundo informa a imprensa esportiva espanhola nesta sexta.

Robinho, que tem ainda dois anos de contrato com o clube merengue, terá, porém, que pedir desculpas ao clube e aos torcedores por ter admitido publicamente a sua insatisfação no time madrileno e o desejo de ir para os Blues. Dois dias depois do “desabafo”, Robinho foi vaiado e chamado de mercenário pela torcida durante a final da Supercopa da Espanha, contra o Valencia, no último domingo.

Segundo a mídia espanhola, o Real refutou uma proposta oficial de € 32 milhões (R$ 77,1 milhões) do Chelsea pelo jogador e só o liberaria mediante o pagamento de € 40 milhões (R$ 96,4 milhões). Robinho seria um dos nomes da lista de reforços de Felipão, que recentemente não economizou nos elogios ao ex-santista.

Ao diário espanhol As, o presidente Ramón Calderón garantiu a permanência do brasileiro. “(Robinho) fica no Madrid sem volta atrás”, anunciou. O jornal escreve ainda que o técnico Bernd Schuster garantiu ao mandatário que reconduzirá o atacante ao time, convencendo a diretoria a mantê-lo no elenco.

Desde o início da novela envolvendo a saída de Robinho, o treinador alemão mostrou-se confiante na permanência do jogador. Nesta quinta-feira, o Chelsea anunciou e, poucas horas depois, retirou de seu site a venda de uma camisa amarela com o nome de Robinho. A imprensa espanhola criticou duramente o time inglês pela atitude.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo