iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/08 - 08:47

Jornais espanhóis garantem que Robinho fica no Real Madrid
De acordo com o Marca, brasileiro segue na Espanha nesta temporada e terá que pedir perdão aos companheiros

Redação iG Esporte


MADRI (Espanha) - Parece que toda a confiança do Chelsea em contar com Robinho em seu elenco nesta temporada foi em vão. Segundo os jornais espanhóis desta sexta-feira, o Real Madrid não aceitou a proposta do time inglês e o brasileiro seguirá como jogador merengue.

De acordo com o jornal inglês The Guardian, o valor pago por Robinho chegaria a 36 milhões de euros (mais de R$ 85 milhões). Entretanto, como afirma a edição do espanhol Marca desta sexta, a quantia ainda é menor do que os 40 milhões de euros esperados pelo Real Madrid para começar as negociações.

Presidente Ramón Calderón e o diretor-esportivo do Real Pedja Mijatovic se mantêm firme na posição de contar com Robinho na temporada atual, segundo o Marca. O jornal ainda comenta que, se o brasileiro permanecer mesmo em Santiago Bernabéu, deve pedir desculpas aos seus companheiros por ter dito que queria jogar com Felipão no Chelsea e se esforçar para reconquistar a torcida de Madri.

Diário As também garante que a transferência para o Chelsea, apesar dos pedidos do técnico Luis Felipe Scolari e da insatisfação de Robinho em seguir com a camisa do Real, não será concluída. "Não se trata de dinheiro, Robinho é intransferível", disse o presidente ao jornal. A publicação ainda afirma que Shuster, técnico do Real, pediu que o clube não vendesse o brasileiro.

De acordo com o As, a notícia de que o Chelsea já estaria vendendo camisas de Robinho não foi bem recebida. Os dirigentes do Real comentaram que essa foi a pior ofensa que o clube já sofreu em seus cem anos de história.

Outro fato teria prejudicado as negociações. Wagner Ribeiro, empresário de Robinho, teria perdido o apoio de Peter Kenyon, excecutivo-chefe do Chelsea. O inglês, segundo jornal As, chamou de grotesca a presença de jornalistas depois de um encontro privado entre ele e o empresário do brasileiro.

Apesar disso, após o encontro, parecia que tudo correria bem. "Se Chelsea quer que Robinho jogue no domingo, é possível que ele faça os exames médicos ainda hoje (quinta-feira)", disse Wagner Ribeiro ao As. Agora, o empresário garante ao jornal que estava errado e que Chelsea não vai subir a sua oferta pelo brasileiro.  


Leia mais sobre: Robinho Real Madrid Chelsea

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


EFE

Não adianta reclamar
Apesar da insatisfação, Robinho deve seguir mais uma temporada no Real Madrid, afirmam jornais

Topo