iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/08 - 09:44

Fantasmas de Dualib e MSI ainda assombram o Timão

O Conselho Deliberativo do Timão adiou mais uma vez a definição sobre a exclusão do ex-presidente e seu vice, Nesi Curi

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Mesmo longe do clube, a família Dualib ainda agita os bastidores do Corinthians. Na última quarta-feira, o Conselho Deliberativo do Timão adiou mais uma vez a definição sobre a exclusão do ex-presidente, Alberto Dualib, e seu vice, Nesi Curi.

Já a neta do dirigente, Carla Dualib, lançou livro sobre os bastidores da controversa parceria entre o time e a MSI. Os conselheiros Mané da Carne e Waldir Coxinha são inclusive acusados de participarem ilicitamente do acordo.

Sobre a publicação da neta do ex-presidente, o atual mandatário Andrés Sanchez declarou que sequer leu o livro e que não tem nada mais a dizer sobre o assunto. “Não tenho a capacidade de comprar um livro. Corintiano que é corintiano fica sabendo de tudo, não precisa comprar um livro para ter recursos e para as pessoas continuarem a ganhar dinheiro com o Corinthians, seja ele moral ou imoralmente”, disparou o dirigente.

“Tudo o que eu sabia sobre este assunto eu falei para o Ministério Público e a Polícia Federal e não tenho nada a dizer sobre estas insinuações. Não li e nem vou ler esse livro. Se ela tem denúncias a fazer que vá na polícia e diga quem que é o cidadão que está roubando”, acrescentou o presidente corintiano, irritado com o assunto.

Em relação ao processo para a exclusão definitiva do avô de Carla do clube, Andrés cobrou uma rápida definição do caso, independentemente de qual for a decisão do Conselho (uma nova reunião para discutir o caso deve acontecer no dia 30 de setembro). “Não sei se é para expulsar ou não. Só sei que este processo está sendo desgastante para o clube, temos que poupar a instituição. Isso está virando uma novela interminável e tem que terminar o mais rápido possível. Se for no dia 30, melhor. Tomara que não adiem de novo”, torceu o presidente.

Em entrevista concedida na manhã desta quinta-feira, o dirigente ainda comentou sobre o rompimento do contrato do Corinthians com a MSI. “Escolhemos um dos maiores escritórios de advocacia do Brasil para tomar conta disso. Eles têm uma linha de raciocínio, que algumas pessoas não concordam, que diz que o contrato já está encerrado, independente de judicialmente ou não. Isto já foi comunicado à outra parte e nos próximos dias teremos uma reunião com o corpo jurídico do clube e outros advogados para ver o melhor caminho a ser seguido”, explicou.

Mano
Já sobre a negociação pela renovação de contrato do técnico Mano Menezes, Andrés Sanchez não trouxe novidades. “Ainda não há nada oficial de renovação, por enquanto só tratamos do assunto informalmente”, despistou. O treinador tem contrato até dezembro deste ano, e alguns dirigentes defendem a prorrogação do acordo até 2010, ano do centenário do clube. O Conselho pode até intervir no caso.


Leia mais sobre: Corinthians Alberto Dualib

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Fantasma do ex-presidente
Dualib ainda tem vínculos com o Corinthians, mesmo afastado após o fim da parceria com a MSI

Topo