iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/08 - 14:24

Endividado, Vasco pode ser despejado do CT da Barra da Tijuca

O local está alugado ao Vasco, que possui uma dívida de R$ 6 milhões com o administrador do local

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Há quase dois meses no Vasco, a nova diretoria vem tendo dificuldades para administrar uma série de problemas herdados da antiga gestão. Uma das missões atuais é evitar o despejo de seu centro de treinamento, na Barra da Tijuca.

O local está alugado ao Vasco, que possui uma dívida de R$ 6 milhões com o administrador do local.

“A nova diretoria está negociando um processo já antigo, que é o processo de despejo do Vasco-Barra. A gente procurou o proprietário e estamos tentando um acordo, o parcelamento, para continuar usando o Vasco-Barra. Mas vamos chegar a um denominador-comum e o torcedor pode ficar tranquilo que o Vasco continuará lá”, prometeu o vice-presidente jurídico, Luiz Américo, em entrevista à Rádio Brasil.

Paralelamente à batalha para resolver a pendência com o administrador do Vasco-Barra, Luiz Américo também confirmou que a diretoria vem desenvolvendo um projeto para evitar a contração de novas dívidas nas sedes cruzmaltinas.

“Temos escolinhas lá no Vasco-Barra, mas os recursos destas escolinhas não são suficientes para pagar os gastos do local. Estamos tentando tornar todas as sedes rentáveis para não ter que desviar recursos do futebol para essas sedes. E vamos conseguir isso em breve.”, garantiu.

Novo patrocinador

No início da semana, o vice-presidente Luso Soares da Costa garantiu que o Vasco teria parceiros fortes para a próxima temporada. E de acordo com a Rádio Globo, o Banco Espírito Santo, de Portugal, poderá ser o principal patrocinador cruzmaltino em 2009, estampando sua logomarca no uniforme e também ajudando na reforma de São Januário.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo