iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/08 - 14:04

Botafogo descarta clima de revanche contra o Náutico no Rio

As duas equipes se enfrentaram nos Aflitos e o Náutico venceu por 3 a 0 num confronto que ficou marcado pela atitude violenta do zagueiro André Luis

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - No que depender dos jogadores do Botafogo, o Náutico pode ficar tranqüilo quanto a sua segurança na partida deste sábado, às 18h20 (de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Isso porque os jogadores descartaram qualquer clima de revanche pelos episódios acontecidos no primeiro turno.

Naquela ocasião as duas equipes se enfrentaram nos Aflitos, em Recife (PE), e o Náutico venceu por 3 a 0 num confronto que ficou marcado pela atitude violenta do zagueiro André Luis, que foi expulso de campo e acabou detido. Além disso, a Polícia Militar de Pernambuco deu uma aula de despreparo e o presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, até hoje responde a um processo pelo episódio.

”Não existe clima de revanche. Aquele episódio para mim já está superado e foi muito útil para que eu pudesse aprender com ele. Hoje tenho outra postura na hora de me dirigir aos árbitros”, disse André Luis. Pensamento parecido tem o volante Túlio.

”O Náutico não teve nenhuma responsabilidade pelo que aconteceu naquele dia, que foi responsabilidade do policiamento. Eles podem vir tranqüilos ao Rio de Janeiro, pois só estamos pensando em jogar futebol”, disse Túlio.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo