iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/08 - 00:37

Para técnico, goleada tem lado bom: mais tempo para o Brasileiro

Segundo Marcelo Olvieira, resultado dará chances de o Galo se concentrar na campanha do Campeonato Brasileiro

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Com a eliminação precoce da Copa Sul-Americana, ao ser goleado pelo Botafogo por 5 a 2 nesta quarta-feira, o Atlético Mineiro repetiu as outras duas participações na competição e mais uma vez não conseguiu passar para a fase internacional. Para o técnico Marcelo Oliveira, no entanto, apesar da goleada o resultado não foi tão ruim, pois dará chances de o Galo se concentrar na campanha do Campeonato Brasileiro.

“Sobra para nós a decepção da eliminação aqui na Sul-americana, ainda por cima com este resultado, mas ao menos isso nos dará condições de seguir no Campeonato Brasileiro como uma campanha melhor, pois teremos tempo para isso”, comentou o treinador, em entrevista coletiva após o vexame em pleno Mineirão.

A justificativa do treinador alvinegro para a disparidade que o Galo apresentou ante ao empolgado Botafogo foi que o time não pôde contar com força total. “Eu coloquei o que eu achava melhor do que dispúnhamos no momento, mas não pudemos contar com jogadores importantes. O Botafogo foi sábio e soube aproveitar as jogadas de contra-ataque”, comentou.

Vexames recorrentes

Quando debutou no torneio continental, em 2003, o Atlético Mineiro estreou bem, com vitória sobre o Corinthians por 2 a 0 em São Paulo. Porém, foi derrotado pelo Fluminense por 2 a 0 em pleno Mineirão e deu adeus ao torneio continental.

Já na segunda participação do time mineiro na Sul-Americana ocorreu em 2004, e novamente ele foi eliminado ainda na primeira fase. Em dois jogos com o Goiás, o Atlético foi derrotado por 4 a 2 no Serra Dourada e, na partida de volta, ficou no empate por 1 a 1 no Mineirão.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo