iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/08 - 12:47

Bicampeã, Inter é adversária a ser batida no Italiano

A Inter de Milão estréia na edição do Campeonto Italiano, neste ano neste sábado, enfrentando a Sampdoria fora de casa

EFE

ROMA (Itália) - A Inter de Milão, vencedora do Campeonato Italiano nas duas últimas temporadas, estréia na edição deste ano neste sábado, enfrentando a Sampdoria fora de casa, na condição de equipe a ser batida no torneio.

A partida contra também marcará a estréia oficial do técnico português José Mourinho, contratado a peso de ouro para fazer com que a equipe enfim consiga bons resultados nos torneios continentais, além de manter o domínio no Italiano.

Dentro de campo, a equipe se reforçou pouco. O principal novo nome é o meia-atacante brasileiro Mancini, ex-Roma.

Já o rival local Milan foi o responsável pelas contratações de maior impacto do Italiano nesta temporada. Para se juntar aos brasileiros Kaká e Alexandre Pato, a equipe trouxe o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, depois de longas especulações.

Além dele, o Milan promoveu o retorno do atacante Andriy Shevchenko, que nunca se acertou no Chelsea, e o goleador Marco Borriello, do Genoa, terceiro artilheiro do Italiano na última temporada.

Para ajeitar a envelhecida defesa da equipe, o clube trouxe o lateral Gianluca Zambrotta, do Barcelona, e o jovem zagueiro suíço Philippe Senderos, do Arsenal, além do meia francês Mathieu Flamini, também da equipe inglesa.

O Milan - que ficou de fora da Liga dos Campeões e terá que se contentar com a Copa da Uefa - estréia no Italiano no domingo, em casa, contra o tradicional Bologna, que volta à primeira divisão nesta temporada.

A Juventus também tem um brasileiro como sua principal contratação da temporada: o atacante Amauri que chegou por 22,8 milhões de euros do Palermo.

A equipe de Turim - que trouxe ainda o meia dinamarquês Cristian Poulsen, do Sevilla, e o zagueiro sueco Olof Mellberg, do Aston Villa - estréia no domingo contra a Fiorentina fora de casa, num jogo de grande rivalidade histórica.

A equipe de Florença se garantiu na fase de grupos da Liga dos Campeões e entra com moral alto no Italiano. O destaque do time vem sendo o meia brasileiro Felipe Melo, ex-Flamengo e Grêmio, que chegou à Itália nesta temporada, vindo do Almeria, da Espanha.

Além dele, a Fiorentina trouxe ainda bons reforços, como o atacante Alberto Gilardino e o meia argentino Sergio Almirón.

Já a Roma perdeu Mancini para a Inter, mas se reforçou com outro brasileiro: o meia Júlio Baptista, ex-Real Madrid. A equipe mexeu pouco no sólido elenco, vice-campeão italiano na última temporada, e recebe o Napoli em sua estréia no torneio.

As vagas na Copa da Uefa deverão ser disputadas por Sampdoria, Udinese, Palermo e Lazio, que se reforçou com o meia brasileiro Matuzalém, emprestado pelo Zaragoza, e o goleiro argentino Juan Pablo Carrizo, ex-River Plate.

Udinese e Palermo se enfrentam na primeira rodada em Udine, enquanto a Lazio viaja para jogar contra o Cagliari.

Nos outros jogos da primeira rodada, o Atalanta recebe o Siena, o Catania enfrenta a Genoa, o Chievo joga contra o Reggina, e o Torino estréia contra o Lecce.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo