iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/08 - 00:06

Mano evita fazer cálculos para Corinthians não relaxar

“Esse é um campeonato que precisamos pensar jogo a jogo, e não lá na frente. É preciso dar o máximo sempre”

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O técnico Mano Menezes prefere analisar a vantagem do Corinthians para seus concorrentes na Série B do Campeonato Brasileiro em vez de calcular quantos pontos faltam para a o título ou o acesso à Primeira Divisão. Tanto os adversários quanto a garantia dos objetivos de sua equipe continuam distantes.

Se depender do desempenho do Corinthians, no entanto, a conquista da Série B é apenas questão de tempo. O time goleou o Gama por 5 a 0 nesta terça-feira, no Pacaembu, e alcançou diferença de seis pontos para o vice-líder Avaí e nove em relação ao sexto colocado Grêmio Barueri.

“Mas não gosto de estabelecer números em longo prazo”, avisou Mano Menezes. “Esse é um campeonato que precisamos pensar jogo a jogo, e não lá na frente. Fazer cálculos pode relaxar a equipe, despreocupá-la, o que não deve acontecer. É preciso dar o máximo sempre, em todas as partidas”, explicou.

Exigente, Mano Menezes não muda o perfil nem mesmo depois de uma goleada por 5 a 0. “Inexplicavelmente, deixamos o Gama jogar quando abrimos o placar. Isso não pode acontecer. Corrigimos no segundo tempo, mas erramos algumas vezes na conclusão. Por isso, faço as cobranças que acho necessárias”, comentou.

O técnico do Corinthians, no entanto, lembra que as dificuldades enfrentadas pelo time em campo não são conseqüências apenas de falhas dos seus comandados. “Temos jogos difíceis pela frente. Todo mundo viu que os adversários cresceram no returno. Fomos criticados porque tomamos um sufoquinho do CRB na rodada passada, mas viram o que eles fizeram hoje [terça-feira]?”, rebateu Mano Menezes. O CRB goleou o São Caetano por 4 a 2 no estádio Anacleto Campanella.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo