iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/08 - 09:51

Kaká esnoba propostas e afirma que não deixará o Milan

Depois de novos boatos sobre uma ida para o Chelsea, meia-atacante teve que negar tudo mais uma vez

Gazeta Esportiva

MILÃO (Itália) - A chegada do ucraniano Shevchenko ao Milan abriu uma nova onda de boatos envolvendo o futuro do meio-campista Kaká. Segundo a imprensa italiana, o clube milanês teria dado prioridade da compra do brasileiro ao Chelsea para seduzir o milionário Roman Abramovich, presidente do clube londrino, a facilitar o retorno de Sheva ao rubro-negro de Milão.

Questionado a respeito do assunto, Kaká esnobou uma possível proposta da equipe dirigida por Luiz Felipe Scolari e garantiu: não deixará o Milan. "Eu no Chelsea? Não estou sabendo de nada. Sou jogador do Milan e tenho que ajudar meu clube a conquistar títulos nesta temporada", rebateu, em entrevista à Gazetta dello Sport.

Sobre ser envolvido como 'moeda de troca' com o ucraniano, foi direto: "Não posso dizer se eu fui incluído na negociação de Shevchenko, porque se alguém me prometeu ao Abramovich, não fui eu. Sempre disse que sou feliz em Milão e enquanto continuar assim. Ficarei no Milan. Meu objetivo é o Milan e sempre foi", concluiu.

O ex-são-paulino, assim como os atacantes Robinho, do Real Madrid, e Luis Fabiano, do Sevilla, faz parte da 'lista de desejos' do técnico Luiz Felipe Scolari, que sonha em montar uma base forte, e brasileira, para a equipe londrina disputar a temporada 2008/2009. Do trio, Robinho é o que tem mais chances de defender os Blues.


Leia mais sobre: Kaká Milan Chelsea

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reprodução

Prometido para Abramovich?
Kaká disse não saber se está envolvido na negociação de Schevchenko com o Milan

Topo