iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/08 - 19:37

Ídolo na Arena, Alex Mineiro avisa: “Não é difícil fazer gol lá”

Atacante palmeirense é reconhecido em Curitiba pela conquista do título Brasileiro em 2001

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Historicamente, o Palmeiras tem problemas jogando na Arena da Baixada. No estádio inaugurado em 1999, os atuais campeões paulistas atuaram seis vezes, perdendo quatro e empatando duas.

Nestes confrontos, o time fez somente um gol, assinalado por Dininho na derrota por 2 a 1 no ano passado.

A tarefa de vencer o Atlético Paranaense neste domingo, no entanto, não é tão difícil para um profundo conhecedor do estádio rubro-negro. Ídolo no Furacão, Alex Mineiro avisa a seus companheiro que com paciência é possível somar três pontos.

“Se trabalhar direito, não é difícil fazer gol no Atlético lá. Depende só do que o nosso time criar”, comentou o artilheiro palmeirense, recomendando um Verdão ofensivo mesmo atuando na casa do adversário.

“O time não pode ficar atrás. Tem que jogar na frente porque se não fica difícil, aproxima o Atlético do nosso gol. É melhor atacar, sair para cima deles e pelo menos dificultar o jogo do Atlético”, sugeriu o atacante, garantindo ser esta a única maneira de vencer em Curitiba.

“É sempre difícil jogar na Arena. O Atlético é muito agressivo jogando lá, tem o apoio de uma torcida fanática. Mesmo sem eles passarem por um bom momento, a um ponto da zona de rebaixamento, temos que respeitar porque jogar contra eles lá é sempre difícil”, analisou.

Atleta do Furacão até dezembro, Alex sabe que, embora estejam em 16º lugar, a equipe sempre entra “mordida” contra equipes paulistas. “Pela empolgação de enfrentar um time grande, eles valorizam muito, até porque é uma grande oportunidade de mostrar um bom trabalho e pode até no ano seguinte estar em um time de São Paulo”, concluiu o centroavante, que traçou o caminho sonhado pelos paranaenses.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo