iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/08 - 18:27

Federação do Equador acusa meia Valencia de não querer jogar pela seleção

"O jogador deu mostras de não ter vontade de vira para seleção, razão pela qual nem ele ou seu clube justificaram", disse dirigente

EFE

QUITO (Equador) - O presidente da Federação do Equador, Luis Chiriboga, disse hoje que o meio-campo Antonio Valencia, do Wigan, não quer jogar pela seleção, após recusar-se a participar de um recente amistoso com a Colômbia.

"O jogador Antonio Valencia deu mostras de não ter vontade de fazer parte da seleção, razão pela qual nem ele ou seu clube justificaram a ausência à convocação para o amistoso ", disse o dirigente a jornalistas.

Entretanto, o técnico da seleção, Sixto Vizuete, reconheceu ter recebido um telefonema do jogador tentando justificar a ausência.

Ele explicou que o caso é da diretoria, que ainda não decidiu o que fazer.

A torcida do país acha que Valencia é um dos jogadores indispensáveis no meio e deveria ser convocado para a partida do dia 10 de setembro diante do Uruguai em Montevidéu, pela oitava rodada das Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo de 2010.

O grupo treina desde ontem em Quito à espera do jogo com a Bolívia, no próximo dia 6 de setembro, na própria capital equatoriana.

Os jogadores da seleção têm se mostrado bastante confiantes em bons resultados nas duas partidas.

"Estamos trabalhando com muita vontade para irmos bem, porque nossa missão será conquistar os seis pontos", comentou o meio-campo Luis Bolaños, um dos destaques da Liga Deportiva Universitaria (LDU) de Quito na conquista do título da última Libertadores, diante do Fluminense.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo