iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/08 - 08:50

Botafogo visita Atlético-MG com vantagem de um gol
Time carioca pode até perder o jogo para se classificar para a fase internacional da Copa Sul-Americana

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Depois de vencer o jogo de ida por 3 a 1, o Botafogo enfrenta o Atlético-MG nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Com a vantagem no placar, o Glorioso pode até mesmo perder por um gol de diferença para avançar às oitavas-de-final da Copa Sul-americana. O Galo, por sua vez, precisa devolver o marcador do Rio de Janeiro para forçar a disputa de pênaltis, ou então fazer 2 a 0, pois os gols marcados na casa do adversário valem como critério de desempate.

A tarefa do Atlético é das mais complicadas, uma vez que o time não sabe o que é derrotar o Botafogo desde 2001. Além disso, o Alvinegro carioca tem levado ampla vantagem nas disputas recentes. O Glorioso eliminou o Atlético nas duas últimas quartas-de-final da Copa do Brasil, e no primeiro turno do Brasileirão fez 4 a 0. O classificado vai pegar nas oitavas-de-final o ganhador do confronto colombiano entre América de Cali e Deportivo Cali, que fazem o jogo de volta no dia 16 de setembro. No jogo de ida os americanos ganharam por 2 a 0.

Ney Franco, técnico do Botafogo, lembrou aos jogadores a importância de a equipe avançar na Copa Sul-americana para que uma eliminação não venha quebrar o embalo no Campeonato Brasileiro. Além disso, o treinador acredita que a conquista do título será importante para todos os profissionais envolvidos.

“Queremos muito o título da Copa Sul-americana para coroar a dedicação deste grupo. Mas é claro que também não podemos deixar de focar no Campeonato Brasileiro. Vamos voltar a pensar no Brasileirão depois deste jogo”, afirmou Ney Franco.

Os jogadores do Botafogo reconhecem que conciliar as duas competições é algo muito complicado, mas se negam a abrir mão de qualquer uma das disputas. Em relação ao duelo desta quarta-feira, os botafoguenses prometem uma postura ofensiva em campo, já que o regulamento valoriza os gols dos visitantes.

“Temos que fazer o nosso jogo, que é o de atacar sempre em busca de gols. Em nenhum momento, mesmo quando abre vantagem, o Botafogo joga recuado, esperando o adversário em seu campo. Justamente por isso, não devemos mudar as nossas características num momento decisivo”, comentou o goleiro Castillo.

Para esta partida, Ney Franco tem problemas para armar seu ataque. Wellington Paulista, sentindo dores na coxa esquerda, será poupado e seu substituto imediato, Fábio, que deixou o clássico contra o Vasco, empate por 1 a 1, reclamando de dores na perna direita, também não terá condições de jogo. A dupla de frente será formada por Jorge Henrique, que cumpriu suspensão contra o Vasco, e Gil. Existe a possibilidade de o lateral-direito Thiaguinho e o meia Lucio Flavio, ambos com cansaço muscular, serem poupados. Zé Carlos está de sobreaviso no meio e Alessandro na lateral.

O Galo chega para o duelo animado pela goleada de 4 a 0 sobre o Atlético-PR, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo se tratando de um outro torneio, o resultado quebrou a seqüência de quatro jogos sem ganhar que a equipe atravessava. A esperança dos jogadores é que a má fase tenha sido espantada de vez.

“Tomara que a goleada sobre o Atlético-PR signifique uma arrancada na temporada. Queremos não só subir na tabela do Brasileiro, como também avançar na Sul-americana. Vamos buscar mais um resultado positivo diante do Botafogo”, entusiasmou-se o volante Serginho, um dos destaques da última partida.

O Atlético-MG utilizará diante do Botafogo um uniforme especial, em mais uma homenagem ao centenário do clube. A camisa tem listras em dourado e preto, semelhante à do Peñarol, do Uruguai. Esta será a primeira vez que o modelo será utilizado.

Justamente por estar nas comemorações de seus 100 anos, o Galo pretende conquistar algum título ainda nesta temporada. Por isto, aposta suas fichas na Copa Sul-americana, única possibilidade restante. Mesmo assim, o técnico Marcelo Oliveira está pensando em poupar alguns titulares, devido ao desgaste que o time vem sofrendo nos últimos dois meses.

Os principais nomes da lista de possíveis ausências são os veteranos Petkovic e Marques. O primeiro não atuou contra o Atlético-PR por causa de uma lombalgia. Já o segundo deixou o gramado no domingo sentindo dores no joelho direito. Outro que não enfrenta o Botafogo é o lateral Calisto, que não está inscrito no torneio.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de agosto de 2008, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Emerson de Carvalho (SP)

ATLÉTICO-MG: Edson; Mariano, Marcos, Leandro Almeida e Luis Gustavo; Rafael Miranda, Márcio Araújo, Lenílson e Petkovic (Tchô); Marques (Yuri) e Jael
Técnico: Marcelo Oliveira

BOTAFOGO: Castillo; Thiaguinho (Alessandro), Renato Silva, André Luis e Triguinho; Túlio, Diguinho, Lucio Flavio (Zé Carlos) e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Gil
Técnico: Ney Franco


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo