iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/08 - 12:45

Atlético-MG quer quebrar série invicta do Botafogo e avançar na Sul-Americana

Time carioca está há dez partidas sem derrotas

EFE

BELO HORIZONTE - O Atlético-MG encara amanhã o Botafogo no Mineirão, às 22h de Brasília, precisando acabar com uma série invicta de dez partidas dos cariocas para ficar com a vaga nas oitavas da Copa Sul-Americana.

Após perderem a partida de ida por 3 a 1 no Engenhão, os mineiros precisão de um triunfo por mais de dois gols de diferença para avançar. E a equipe já conseguiu isto no fim de semana ao golear o Atlético-PR por 4 a 0 no Brasileiro, resultado que lhe deu uma tranqüilidade necessária para a outra competição.

Mesmo precisando de um triunfo, o técnico Marcelo Oliveira admitiu que pode escalar alguns reservas no Atlético, já que muitos no elenco estão cansados.

As principais dúvidas na equipe de Belo Horizonte são o meia sérvio Petkovic e o atacante Marques. Ambos têm problemas musculares e serão dúvida até a última hora.

Uma das novidades do Atlético será o lançamento do uniforme comemorativo dos 100 anos do clube, com listras verticais em dourado e preto.

Já o Botafogo chega ao encontro após o empate em 1 a 1 com o Vasco no Brasileiro, que quebrou uma seqüência de sete vitórias seguidas entre Brasileiro e Copa Sul-Americana - dez invictas.

Para o jogo, o técnico Ney Franco não terá os atacantes Wellington Paulista, que sofreu uma lesão muscular no Maracanã, e Fabio, que também deixou o campo lesionado durante o clássico carioca. O volante Leandro Guerreiro, com problemas musculares, também não joga.

Por outro lado, a boa notícia é a volta do atacante Jorge Henrique, que superou uma lesão. Com isso, ele forma a dupla de frente com Gil.

Ney Franco também pode escalar alguns reservas para o jogo, e por isso só definirá a escalação perto do horário do confronto.

Prováveis escalações: Atlético-MG: Édson; Mariano, Leandro Almeida, Marcos e Renan; Rafael Miranda, Serginho, Márcio e Lenílson; Jael e Raphael Aguiar.

Técnico: Marcelo Oliveira.

Botafogo: Castillo; Thiaguinho, Renato Silva, André Luís e Triguinho; Túlio, Diguinho, Zé Carlos e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Gil. Técnico: Ney Franco.

Árbitro: Rogério Roman (BRA), auxiliado por seus compatriotas Altemir Hausmann e Emerson de Carvalho. EFE bpr/dp


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo