iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/08 - 18:45

Cássio se diz pronto para estréia: “Chegou a minha hora”

Destaque na Copa SP, volante de 19 anos não teme encontrar as mesmas dificuldades de Dentinho e Lulinha

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Depois de se destacar na última Copa São Paulo de Futebol Júnior, ser promovido ao time principal e atuar apenas alguns minutos no empate por 1 a 1 com o Avaí, na Ressacada, na penúltima rodada do primeiro turno da Série B, o volante Cássio estreará como titular do Corinthians nesta terça-feira, contra o Gama, no Pacaembu.

Aos 19 anos, o jogador se diz pronto para sua primeira exibição diante da Fiel e não teme encontrar as mesmas dificuldades de outras recentes revelações do Timão, como Dentinho, que demorou para se firmar na equipe, e Lulinha, que até hoje não conseguiu conquistar os torcedores.

“Não creio que tenham se precipitado com o Lulinha ou o Dentinho. São dois excelentes jogadores, talvez um tenha dado mais sorte que o outro, e agora chegou a minha hora”, avisou Cássio, ansioso para realizar o sonho de vestir a camisa de seu time do coração no Pacaembu. “A emoção vai ser muito grande, por ser corintiano sempre sonhei com este momento e espero mostrar um bom futebol para se Deus quiser sair com a vitória”, completou.

Antes mesmo de sua estréia, Cássio já convive com algumas comparações, como com Lucas, do Liverpool. O técnico Mano Menezes, que já trabalhou com o volante da seleção no Grêmio, não vê muitas semelhanças entre os dois. “O Cássio é mais primeiro homem, marca forte. O Lucas se transforma em meia com muita facilidade”, analisou o treinador, pedindo paciência com a nova promessa corintiana.

“Ainda estamos passando para ele questões de posicionamento, de adaptação, e ele está respondendo bem. É um jovem ainda, que terá que marcar, muitas vezes corpo a corpo, jogadores com dez anos a mais que ele no futebol”, explicou Mano. O técnico escalará o volante de titular por não contar com Fabinho, lesionado, e Nilton, suspenso, e crer que a estatura (1,77m) pesa a favor do garoto.

“O Cássio ainda está em um período de adaptação, mas muitas vezes aparece uma emergência e precisamos mudar, já que perdi os dois jogadores da função. Poderia usar o Carlos Alberto, mas, como há chances de o Morais entrar, temi pela estatura do time, ainda mais porque os adversários usam muito a bola parada nesta Série B. Daí a minha opção pelo Cássio”, justificou o técnico.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo