iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/08 - 18:48

Nos pênaltis, Inter conquista a Supercopa da Itália

Totti e Juan erraram suas cobranças e, assim, Mourinho conquistou seu primeiro título na Itália

Trivela.com

MILÃO (Itália) - Em uma partida emocionante, a Internazionale derrotou a Roma nos pênaltis e ficou com o título da Supercopa italiana. No tempo normal, os nerazzurri venciam por 2 a 1, mas um gol de Vucinic no minuto final levou a partida para a prorrogação. Stankovic desperdiçou sua penalidade, mas os erros de Totti e Juan deram a taça aos nerazzurri.

Antes do início da partida, respeitou-se um minuto de silêncio em homenagem a Franco Sensi, presidente da Roma, morto na semana passada. Com a bola rolando, os gialorossi assustaram logo no primeiro minuto em chute para fora de Vucinic. Depois disso, só deu Internazionale.

Aos sete, Muntari lançou Ibrahimovic, que ganhou de Riise e Juan mas desperdiçou na cara de Doni. O atacante sueco apareceu de novo aos 14, ao concluir para fora uma tabelinha com Figo. A pressão nerazzurra foi recompensada quatro minutos depois. Maicon cruzou da direita e Méxès desviou contra seu próprio travessão; Muntari ficou com o rebote e concluiu para as redes. Figo ficou muito perto de ampliar aos 37. Maicon cruzou e o português cabeceou para fora.

Na segunda etapa, a Roma voltou um pouco melhor e partiu em busca do empate. Julio Baptista tentou aos quatro minutos, mas seu chute bateu nas costas de Vucinic. Os giallorossi foram às redes aos 14. De Rossi arriscou de longe e contou com uma ajuda de Júlio César para igualar.

AP
int
O capitão Javier Zanetti ergue a taça, para alegria dos companheiros da Inter de Milão



Cassetti salvou a Roma de tomar o segundo aos 30. Ele fez um desvio providencial em uma bola passada por Ibrahimovic para Balotelli. A prorrogação se aproximava e a Inter esteve com a taça nas mãos. Aos 38, Júlio César deu um chutão e a defesa da Roma bobeou. Melhor para Balotelli, que tocou na saída de Doni para marcar o segundo gol.

Totti, recuperado de uma grave contusão, entrou nos cinco minutos finais para ajudar os giallorossi. Só que o salvador da Roma foi Vucinic. Aos 45, o atacante cabeceou um escanteio cobrado por Pizarro; a bola ainda desviou em Stankovic e parou nas redes.

No tempo extra, o primeiro tempo foi marcado por boas defesas de Doni em finalizações de Balotelli e Stankovic. O goleiro da Roma voltou a se destacar aos quatro minutos da segunda etapa, em outra chance de Balotelli. Os giallorossi deram trabalho a Júlio César apenas uma vez. Okaka tabelou com Julio Baptista, mas o arqueiro nerazzurro saiu do gol com precisão. Como o empate persistiu, foram necessárias as cobranças de pênaltis para definir o campeão.

Stankovic desperdiçou a sua batida ao acertar o travessão. Totti teve a chance de definir, mas ele também mandou na trave superior. Juan viu seu pênalti ser defendido; na seqüência, Zanetti acertou seu chute, fez 6 a 5 e deu à Inter o quarto título da Supercopa na história do clube. 


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Boas estréias
Mancini (à direita), ex-Roma, começou bem na Inter ao conquistar um título

Topo