iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/08 - 10:07

Duelo de Atléticos vale reabilitação no Mineirão
Derrota pode significar a entrada de um dos clubes na zona de rebaixamento do campeonato brasileiro

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Atlético-MG recebe o Atlético-PR neste domingo, num confronto de duas equipes que estão devendo no Brasileirão. O Galo é o 14º colocado com 25 pontos. O Furacão é ainda pior: somou 23 pontos e ocupa a 15ª posição. Para os dois times, uma derrota pode significar uma aproximação maior da zona do rebaixamento ou, até mesmo, a entrada nela.

Por isto mesmo, o clima em Belo Horizonte não é nada bom. Na última partida, quando receberam o Goiás, os alvinegros estiveram muito mal e só conseguiram o empate de 1 a 1 graças ao goleiro Édson, que defendeu um pênalti. A torcida anda brigada com o clube. Na quinta-feira, apenas 3.697 pagantes foram ao Mineirão e, pelo que o time mostrou, não se pode esperar muito mais que isto neste domingo.

No início do mês, quando assumiu a equipe, Marcelo Oliveira se mostrava otimista com a qualidade do elenco e falava até em conquistar o Campeonato Brasileiro. Seis partidas depois, o discurso mudou do vinho para a água.

“Sei que a estrada vai ser sempre difícil, mas estamos aí para cobrar muito. Já houve uma cobrança agora para mudar, para fazer um time pelo menos competitivo”, reconheceu o treinador, anunciando que vai passar a pressionar os jogadores por um melhor futebol.

Para tentar um desempenho satisfatório, o técnico deve voltar àquela que vinha sendo sua formação titular. O volante Serginho, que estava suspenso contra o Goiás, recupera a vaga que tinha sido ocupada por Yuri. No entanto, com a decepcionante performance da última partida, não será surpresa se houver mais alterações.

Também o Furacão terá, em princípio, apenas uma modificação em relação ao time derrotado no meio de semana para o São Paulo. O zagueiro Danilo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, deve ser substituído por Chico. Isso, é claro, se o técnico Mário Sérgio não fizer mais uma mudança tática, como é de seu estilo.

A princípio, Alex Fraga continua na equipe improvisado na lateral-direita no lugar de Nei. Caso opte pelos três zagueiros, Chico vai para o meio e Alex assume sua vaga na defesa. Para o treinador rubro-negro, o mais importante será repetir o primeiro tempo do Morumbi, quando o time saiu na frente do Tricolor e mostrou muita disposição.

“A disposição dos jogadores é fruto da motivação deles. O elenco é bom e eu gosto. E no momento que todos voltarem do departamento médico vamos ter um rendimento maior”, analisou o técnico, que pediu a mesma garra em Minas. “Pelo rendimento do primeiro tempo, se jogarmos da mesma forma contra o Atlético Mineiro temos a possibilidade conseguir a vitória", concluiu.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO/MG x ATLÉTICO/PR

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 24 de agosto de 2008, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Assistentes: Marcio Luiz Augusto (SP) e Marcelino Tomaz de Brito Neto (SP)

ATLÉTICO-MG: Édson; Mariano, Marcos, Leandro Almeida e Renan; Rafael Miranda, Serginho, Márcio Araújo e Petkovic; Marques e Jael
Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO-PR: Galatto; Alex Fraga, Chico, Antônio Carlos e Márcio Azevedo; Renan, Alan Bahia, Rodriguinho e Ferreira; Julio dos Santos e Pedro Oldoni
Técnico: Mário Sérgio


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo