iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/08 - 09:46

Shinawatra estaria disposto a deixar direção do Man City
Chefe executivo diz que dono do clube está 'constrangido' com acusações de corrupção

Trivela.com

Thaksin Shinawatra estaria disposto a deixar a direção do Manchester City. De acordo com Garry Cook, chefe executivo do clube inglês, o ex-primeiro-ministro tailandês e dono da equipe estaria ‘constrangido’ com as suspeitas de envolvimento em um escândalo de corrupção em seu país.

“Ele realmente está aberto a isso. Shinawatra está constrangido pela indignação trazida ao clube e à Premier League. Ele me disse: ‘Se for necessária minha saída da direção do clube, em acordo com Premier League, tudo bem, pois isso não muda outras coisas”, afirmou Cook em entrevista coletiva.

Segundo as regras da Premier League, um diretor de clube pode ser demitido de suas funções caso seja considerado culpado de corrupção, em qualquer parte do mundo, e se for julgado por um tribunal competente. De acordo com o diário Daily Telegraph, Cook teria se reunido com Dave Richards, presidente da entidade, para verificar se Shinawatra estaria de acordo com as exigências de “pessoa íntegra” feitas pelo órgão.

Shinawatra, de 59 anos, comprou o Manchester City por cerca de US$ 151,3 milhões no ano passado. A Tailândia tenta obter sua extradição para que ele responda sobre as suspeitas de desvio de dinheiro.

 

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo