iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/08 - 21:12

Na briga pelo título, Cruzeiro enfrenta o Santos animado
“Acreditamos que todo jogo seguinte será difícil e contra o Santos não será diferente", disse Guilherme

Gazeta Esportiva

SANTOS - Depois de não conseguir reagir no Campeonato Brasileiro diante do lanterna Ipatinga, o Santos tentará a vitória contra o vice-líder da competição, às 16 horas (de Brasília) deste domingo, na Vila Belmiro. Enquanto o Cruzeiro sonha com o título nacional, a equipe comandada por Márcio Fernandes aparece na penúltima colocação.

Apesar de vir de uma derrota, o Cruzeiro chega animado para esta partida. Afinal, no jogo contra o Botafogo havia muitos desfalques e, mesmo assim, o time conseguiu uma atuação satisfatória, perdendo por 1 a 0, com um gol já no fim da partida e originado num pênalti duvidoso. Para enfrentar o Santos, retornam ao time Espinoza, Fabrício e Charles. Com dores na coxa esquerda, Wagner ainda é dúvida.

A Raposa ainda tem outro bom motivo para não perder o ânimo. Palmeiras e Grêmio, os mais fortes concorrentes ao título, também perderam seus jogos na última rodada, mantendo a corrida pela ponta exatamente como estava. Assim, o time celeste é o segundo colocado, com 39 pontos, ainda embalado para alcançar o Tricolor Gaúcho, que tem 44.

Quando se olha para a classificação do Brasileirão, pode parecer que, para o vice-líder, vencer o vice-lanterna seja uma obrigação. Contudo, o que os jogadores do Cruzeiro enxergam pela frente não é um time na zona de rebaixamento, mas sim a tradição do Santos.

“Acreditamos que todo jogo seguinte será difícil e contra o Santos não será diferente. É uma grande oportunidade para a gente reabilitar. Independentemente da situação do Santos é sempre uma partida complicada”, lembra o atacante Guilherme.

Já o volante Fabrício não respeita somente a camisa, como também o elenco do Peixe. “Acho que no momento o Kleber Pereira é o jogador mais perigoso do Santos. Precisamos de uma atenção especial em cima dele, que vive um bom momento. Tem também o Kléber que chama muito o jogo e tem habilidade com a perna esquerda. A atenção maior é nesses dois, sem esquecer dos outros”, admite.

Além do Cruzeiro, o Santos terá outros problemas a superar. O principal deles é que o time alvinegro não derrota um adversário desde o dia 20 de julho, quando a equipe ainda comandada por Cuca venceu o Internacional por 1 a 0, no Beira Rio. De lá pra cá, foram cinco jogos com três derrotas e dois empates. Márcio Fernandes, que assumiu o Peixe há três rodadas, ainda não conseguiu triunfar (obteve dois empates e uma derrota).

Como se não bastasse o desempenho, o treinador ainda poderá ter um novo desfalque para o duelo contra a Raposa. O lateral-esquerdo Kleber sofreu uma torção de tornozelo no primeiro tempo do empate com o Ipatinga (1 a 1) quarta-feira, em Minas, e é dúvida. O jogador desembarcou na última quinta-feira com o tornozelo imobilizado devido ao inchaço e às dores no local da contusão. Ele fará tratamento intensivo até momentos antes do jogo de domingo e, caso não se recupere a tempo, Carleto atuará em seu lugar.

Márcio Fernandes deverá manter a base do time que enfrentou o Ipatinga. Assim, o meio-campista Dionísio seguirá improvisado na lateral-direita, e o Peixe deverá atuar com três volantes: Roberto Brum, Rodrigo Souto e Bida. Já Michael, que retorna de suspensão pelo terceiro cartão amarelo, será o responsável pela armação das jogadas. No setor ofensivo, existe a dúvida de quem será o companheiro do artilheiro Kléber Pereira, uma vez que o paraguaio Nélson Cuevas agradou o treinador ao marcar o único gol do Santos no Ipatingão, após entrar no lugar de Lima.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X CRUZEIRO


Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 24 de agosto, domingo
Horário: 16 horas (em Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Roberto Braatz (Fifa-PR)

CRUZEIRO: Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Espinoza e Jadílson; Fabrício, Charles, Henrique e Gerson Magrão (Wagner); Guilherme e Weldon
Técnico: Adilson Batista

SANTOS: Douglas, Wendel, Domingos, Fabiano Eller, Kleber (Thiago Carleto); Roberto Brum, Rodrigo Souto, Bida e Michael; Lima (Nélson Cuevas), Kléber Pereira
Técnico: Márcio Fernandes


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo