iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/08 - 18:32

Jonílson está otimista: “O Botafogo não é nenhum bicho papão”

“O Botafogo vive uma grande fase, mas não é nenhum bicho papão, muito menos imbatível", disse

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A ascensão do Botafogo, com seis vitórias consecutivas, levou a equipe à terceira colocação do Campeonato Brasileiro. O desempenho, porém, não assusta quem está embalado com dois triunfos nas últimas rodadas.

Otimista pela evolução do Vasco, Jonílson, com passagem por General Severiano no currículo, garante que o time de Ney Franco está “tão bem” quanto os cruzmaltinos.

“O Botafogo vive uma grande fase, mas não é nenhum bicho papão, muito menos imbatível. Isso não existe. Eles estão bem, e a gente também”, analisou o volante, confiante de que seus companheiros, mais uma vez, surpreenderão quem é cotado como favorito diante do clube de São Januário.

“Contra o Inter e o Palmeiras também foi assim. Muitos disseram que a gente ia sofrer uma goleada, que o Vasco ia ser atropelado, mas não foi isso que aconteceu. No futebol, não adianta falar nada antes de a bola começar a rolar. As coisas são resolvidas dentro de campo, em 90 minutos”, ensinou Jonílson.

Embora evite provocações diretas ao rival, o atual meio-campista vascaíno não saiu bem do Botafogo. O jogador deixou o clube em 2006 após uma briga na justiça para acertar com o Cruzeiro. O caso, porém, será esquecido dentro de campo. Pelo menos nas promessas de Jonílson, que já minimiza possíveis protestos da torcida adversária.

“Apesar de todos os problemas, não tenho mágoa de ninguém. O torcedor reage quando vai embora um jogador que eles não querem que saia. Mas eu agradeço ao Botafogo por ser sido o primeiro grande clube a me dar uma chance”, comentou o pacifico jogador.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo