iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/08 - 20:42

Grêmio tenta manter embalo contra má fase do Náutico
Em 22 duelos diretos pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Grêmio conseguiu 13 vitórias, contra apenas duas do Timbu

Gazeta Esportiva

Líder do Campeonato Brasileiro, o Grêmio tem um importante compromisso neste domingo para tentar manter seu bom momento. O time do técnico Celso Roth irá a Pernambuco para enfrentar o Náutico, em duelo no Estádio dos Aflitos, a partir das 18h10 (horário de Brasília), válido pela 22ª rodada da competição.

O Náutico fez um início surpreendente de Brasileirão, chegando a liderar a tabela de classificação na segunda rodada e ocupando uma das vagas para a Libertadores de 2009 até a oitava. No entanto, durante a passagem do técnico Pintado pelo clube, o Timbu caiu de rendimento, despencando para a zona de rebaixamento.

Hoje, o time tem de volta Roberto Fernandes, que estava no banco nas primeiras rodadas do campeonato, e que ainda tenta tirar os pernambucanos da parte de baixo da tabela. Nos três jogos em que trabalhou após ser reconduzido à função, Fernandes conquistou apenas a vitória contra o Santos, perdendo de Goiás e Fluminense. O Alvi-rubro é o atual 18º colocado, com 21 pontos.

O Grêmio, por sua vez, fez caminho ligeiramente diferente. Apesar de ter brigado apenas na parte de cima da tabela, o Tricolor passou a ocupar a liderança apenas na 14ª rodada, beneficiado pela queda de produção do Flamengo. O time faz campanha estável e soma 44 pontos, cinco a mais que o vice-líder Cruzeiro.

A diferença poderia ser de oito pontos, mas os gaúchos foram derrotados fora de casa por 2 a 1 pelo Flamengo – Cruzeiro e Palmeiras, adversários diretos pela primeira colocação, também perderam. Em compensação, o tropeço no Maracanã serviu para que Celso Roth analisasse o time e pensasse em alternativas para o duelo no Recife. Entre elas, a manutenção de Souza na ala-direita do 3-5-2.

A posição seria ocupada originalmente por Paulo Sérgio, que cumpriu suspensão no último jogo – Souza entrou bem no segundo tempo e deixou a dúvida com Roth. Felipe Mattionni também disputaria a vaga, mas depende de aval do departamento médico para atuar. Na zaga, Léo é mais um que retorna de suspensão e coloca Jean – que cumpre gancho com o terceiro amarelo – de volta no banco de reservas.

O Náutico, por sua vez, tem a chance de se redimir da derrota diante de sua torcida para o Fluminense na última rodada. Para isso, Roberto Fernandes deve manter a base do time, embora não possa contar com o lateral-direito Maurinho e com o meia William – o primeiro cumpre seu último jogo de suspensão por cartão vermelho frente ao Goiás, enquanto o segundo acumulou três amarelos.

Em compensação, o treinador continua sem saber se conta com os zagueiros Vágner (que se recupera de uma cirurgia na mão direita) e Everaldo (vítima de lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo). Ambos dependem do sinal positivo dos médicos do clube, e continuariam dando lugar para Negretti e Adriano na zaga. Onildo é opção.

Retrospecto 
A história dos jogos entre os dois times parece dificultar a missão do Náutico. Em 22 confrontos diretos pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Grêmio conseguiu 13 vitórias, contra apenas duas do Timbu. Porém, em ambas as ocasiões em que derrotou os gaúchos, os pernambucanos tinham a vantagem de jogar com o mando de campo.

O principal encontro entre os dois times, porém, não entra nas estatísticas, já que aconteceu pela Série B de 2005. Na ocasião, os dois times se enfrentaram no Recife pela última rodada do quadrangular de acesso, em confronto direto por uma das vagas. O Náutico chegou a ter um pênalti nos acréscimos, mas Galatto defendeu e deu o contra-ataque gremista. Ânderson marcou aos 60 minutos do segundo tempo e garantiu a volta à elite com a vitória por 1 a 0 no jogo, que ficou conhecido como ‘Batalha dos Aflitos’.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO X GRÊMIO

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)

Data: 24 de agosto de 2008, domingo

Horário: 18h10 (horário de Brasília)

Árbitro: Wagner Tardelli (Fifa-SC)

Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Alcides Zawaski Pazetto (SC)

NÁUTICO: Eduardo; Ruy, Negretti, Adriano e Piauí; Ticão, Alceu, Paulo Santos e Valdeir; Felipe e Kuki

Técnico: Roberto Fernandes

GRÊMIO: Victor; Léo, Pereira e Réver; Souza (Paulo Sérgio), Rafael Carioca, Willian Magrão, Tcheco e Ânderson Pico; Perea e Marcel

Técnico: Celso Roth


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo