iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/08 - 14:56

Herói do duelo com o líder, Toró nega insatisfação com a reserva

Volante estava no banco de reservas, mas entrou nos minutos finais e decidiu o jogo contra o Grêmio

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - No último domingo, no empate com o Santos, o técnico Caio Júnior criticou a atuação do Flamengo e prometeu mudanças. Uma delas foi o afastamento de Toró, que iniciou o duelo com o Grêmio no banco de reservas, na quinta-feira.

No entanto, o jogador entrou no segundo tempo, nos minutos finais, e fez o gol da vitória sobre o atual líder do Campeonato Brasileiro. Após a partida, ao invés de desabafar, Toró afirmou que não pretende criar polêmica com a decisão do treinador de deixá-lo na reserva.

”O grupo do Flamengo não tem vaidade e todo mundo torce um pelo outro. Quem sai, torce por quem entra, pois o mais importante é o Flamengo vencer”, destacou.

Com Joel Santana, que dirigiu o Flamengo até o mês de maio, Toró era titular absoluto, mas a situação mudou com Caio Júnior. Sob o comando do novo treinador, o meia Rubro-negro tem alternado partidas entre os titulares e os suplentes.

Mesmo sem vaga garantida com Caio Júnior, Toró destacou a confiança do elenco Rubro-negro em dias melhores, principalmente após a vitória sobre o Grêmio.

”Valeu a pena insistir. Nosso time é assim: joga com muita garra e vontade de vencer. É dessa maneira que a gente ganha as partidas. E a Libertadores não é o nosso objetivo. A gente quer o título”, ressaltou Toró.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo