iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/08 - 15:55

Dunga pode fazer sua última convocação nesta sexta

Serão chamados 22 nomes para tentar a reabilitação do país naa Eliminatórias

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - As atenções da disputa da medalha de bronze olímpica estarão divididas na Seleção Brasileira com a próxima convocação para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, contra o Chile (no dia 7 de setembro, em Santiago) e contra a Bolívia (no dia 10 de setembro, no Estádio Olímpico João Havelange, no Rio de Janeiro). A lista será anunciada nesta sexta-feira pelo técnico Dunga após o compromisso contra a Bélgica, em Xangaí.

Serão chamados 22 nomes para tentar a reabilitação do país na competição. Nas últimas duas partidas das Eliminatórias, o Brasil perdeu do Paraguai, em Assunção, e empatou com a Argentina, no Mineirão.

A situação brasileira na competição requer cuidados. O time comandado pelo técnico Dunga ocupa apenas a quinta colocação na classificação, atrás de Paraguai, Argentina, Colômbia e Chile. Se as Eliminatórias terminassem hoje, o país disputaria a repescagem do Mundial.

Justamente por isso essa pode ser a última convocação de Dunga à frente da Seleção Brasileira. A CBF, por enquanto, não se posiciona sobre o assunto e pelo fato de a convocação ter que ser nesta sexta-feira (O Estatuto da Fifa exige o mínimo de 15 dias de antecedência para a liberação dos atletas) o treinador deverá ser mantido pelo menos até esses duelos. 'Estou tranqüilo', limita-se a dizer Dunga.

Porém a situação dele não é tão tranqüila. Especula-se que o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, já teria aberto negociações com Wanderley Luxemburgo, do Palmeiras. Outros nomes cotados são os de Muricy Ramalho, do São Paulo, e Paulo Autuori, atualmente no futebol do Catar.

Na convocação desta sexta-feira Dunga deverá manter a base que vem chamando, com a presença do meia Ronaldinho Gaúcho. Resta saber quantos atletas do time olímpico serão relacionados. O grupo poderá ganhar o reforço do atacante Robinho, do Real Madrid, que foi cortado poucos dias antes dos Jogos Olímpicos.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias