iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/08 - 00:04

Com três de Washington, Flu vence Náutico e sai do sufoco

Tricolor das Laranjeiras venceu o primeiro jogo fora de casa, chegou aos 22 pontos e agora está na 16ª posição

Gazeta Esportiva

RECIFE - O Fluminense derrotou o Náutico por 3 a 1 em partida disputada nesta quarta-feira, nos Aflitos, e finalmente conseguiu sair da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro depois de várias rodadas. Com os três pontos alcançados em Recife, o Tricolor das Laranjeiras, que venceu o primeiro jogo fora de casa, chegou aos 22 pontos e agora está na 16ª posição. Já o Náutico segue com 21 pontos na 18ª posição e continua ameaçado.

O atacante Washington foi o grande nome da partida, marcando os três gols da equipe tricolor. Foi a segunda vitória do técnico Cuca em seu segundo jogo comandando o Tricolor.

O resultado foi justo porque o Fluminense soube aproveitar as chances que apareceram para definir a partida e depois se defendeu com competência para garantir o marcador. Já o Náutico se mostrou uma equipe confusa que em nenhum momento conseguiu se impor como mandante e ainda desperdiçou as raras chances que criou durante a partida.

Na próxima rodada o Fluminense receberá o Sport no Maracanã. Já o Náutico vai encarar o líder Grêmio nos Aflitos.

A partida nos Aflitos começou de forma empolgante. Logo aos seis minutos, o Fluminense abriu o marcador em cobrança de falta de Washington que bateu rasteiro no canto esquerdo do goleiro Eduardo. A vantagem do tricolor carioca não durou mais que alguns segundos.

Aos sete minutos, o time pernambucano empatou com o veterano Kuki que aproveitou o passe de Ruy. Só que o passar do tempo revelou que as duas equipes estavam mais preocupadas com a marcação do que com o ataque. E os lances de ataque passaram a ser raros dentro da partida cada vez mais truncada.

Aos 16 minutos, o meia Tará levou uma pancada no rosto e teve que ser substituído. O técnico Cuca então lançou o lateral-direito Carlinhos, deslocando Arouca que estava atuando improvisado, para a sua verdadeira posição no meio campo.

A alteração melhorou um pouco a atuação da equipe tricolor mas o time dirigido por Cuca tinha grande dificuldade em criar jogadas ofensivas já que era grande o número de passes errados. Já o Náutico tentava atacar em lançamentos longos sem qualquer sucesso já que Felipe e Kuki, bem marcados, quase não tocavam na bola.

O Fluminense apenas tocava a bola sem nenhuma objetividade e quase sofreu o gol aos 45 minutos quando Valdeir fez boa jogada e levantou para Ruy que penetrava livre. O lateral, na linha da pequena área, cabeceou em cima de Fernando Henrique que fez uma boa defesa e salvou o Tricolor carioca no último lance importante da etapa inicial.

Os dois times voltaram sem modificações mas o nível da partida melhorou porque as duas equipes esqueceram um pouco da marcação e passaram a jogar ofensivamente. Dois chutes de Conca aos sete e nove minutos mostraram que o Tricolor carioca estava disposto a buscar a vitória. Aos 13 minutos, o Náutico perdeu uma chance incrível. Ticão recebeu na área, driblou o zagueiro e chutou em cima de Fernando Henrique.

No minuto seguinte, Éverton Santos arriscou o chute e Eduardo mandou para escanteio. Na cobrança, Washington se antecipou aos zagueiros pernambucanos e meteu a cabeça para marcar o segundo gol do clube carioca. Aos 20 minutos, Washington é agarrado dentro da área mas o árbitro manda o lance seguir.

Aos 23 minutos, o Náutico quase empatou em chute de Felipe que Fernando Henrique espalmou para o lado. Depois dos 30 minutos, o técnico Cuca que obteve sua segunda vitória seguida à frente do Fluminense, colocou jogadores defensivos para segurar o resultado. Aos 40 minutos, em nova cobrança de falta, Washington colocou a bola no ângulo, marcando o terceiro gol e definindo a vitória do Fluminense, para desespero da torcida pernambucana.

FICHA TÉCNICA (veja como foi lance a lance)
NÁUTICO-PE 1 x 3 FLUMINENSE-RJ

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)
Data: 20 de agosto de 2008 (quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Antônio Hora Filho (SE)
Assistentes: Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Ivaney de Lima (SE)
Cartão amarelo: Negretti e Tição (Náutico); Roger e Fabinho(Fluminense)

Gols: NÁUTICO: Kuki, aos sete minutos do primeiro tempo.
FLUMINENSE: Washington, aos seis minutos do primeiro tempo, e aos 15 e 40 minutos do segundo tempo.

NÁUTICO: Eduardo; Ruy, Negretti, Adriano e Piauí(William(; Ticão, Alceu(Fabiano Gadelha), Valdeir e Paulo Santos;(Anderson Lessa), Kuki e Felipe
Técnico: Roberto Fernandes

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Arouca, Luiz Alberto, Roger e Júnior César; Romeu, Fabinho, Darío Conca(Maicon) e Tartá(Carlinhos); Éverton Santos(Ygor) e Washington.
Técnico: Cuca


Leia mais sobre: Fluminense Náutico

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Photocamera

nautico

Faro de gol
Washington (o mais alto na foto) foi o grande nome da partida, marcando os três gols da equipe tricolor

Topo
Contador de notícias