iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/08 - 21:24

Grupo de torcedores invade treino do Bahia e agride jogadores
Volantes Fausto e Marcone, assim como o meia Elias, reagiram aos golpes dos membros da organizada

Gazeta Esportiva

SALVADOR - Os protestos contra atletas por conta de más campanhas protagonizadas no Campeonato Brasileiro assumiram proporções descomunais para os jogadores do Bahia nesta quarta-feira, no CT do Fazendão. Durante o treino, cerca de 50 torcedores invadiram o local e partiram para a violência contra os atletas.

De acordo com o site oficial do clube, a invasão aconteceu às 17 horas (de Brasília), quando um grupo de torcedores da organizada Terror Tricolor chegou ao local em um ônibus, rendeu os porteiros e adentrou o local, partindo logo para cima dos jogadores, que trabalhavam comandados pelo técnico Arthurzinho.

Uma vez vítimas de agressões, alguns atletas acabaram reagindo também com socos e pontapés: os volantes Fausto e Marcone, assim como o meia Elias, reagiram aos golpes dos membros da organizada.

Um dos atletas mais visados pelos agressores era o goleiro Darci, considerado diretamente culpado pela fase insatisfatória na Série B, na qual o Bahia é 8° colocado – uma galinha foi solta no local, em alusão aos ‘frangos’ sofridos pelo guarda-metas. O treinador tricolor, além de membros da comissão técnica, acabou sofrendo as conseqüências também.

A situação ficou ainda mais tensa quando rojões foram disparados no gramado e acabaram atingindo um torcedor, que foi levado a um hospital com suspeita de fratura no joelho. A polícia foi imediatamente chamado pelo clube e permaneceu no local até o anoitecer.

Na fuga, os agressores ainda levaram materiais que estavam sendo utilizados pelo clube durante os trabalhos, como bolas e chuteiras. Por conta do episódio, a diretoria do Bahia anunciou, por meio de seu site oficial, que os treinos serão realizados apenas com portões fechados, apesar de ter ocorrido uma invasão mesmo com os portões cerrados.

Não foi a primeira vez que protestos aconteceram. Em junho, mesmo depois de vitória sobre o Criciúma, em Santa Catarina, cerca de 100 torcedores de diversas torcidas organizadas invadiram o mesmo local para promover protestos contra o time, que ocupava a 11ª posição.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Confusão em Salvador
Mais de 40 torcedores invadem o Bahia e agridem atletas que treinavam

Topo