iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/08 - 10:48

Sport tenta reação contra embalado Botafogo
Leão de Recife terá que suportar a boa fase do alvinegro carioca, que vem em busca do G-4 do Brasileirão

Gazeta Esportiva

RECIFE - Em boa fase e vindo de cinco vitória consecutivas, a última por 3 a 1 diante do Atlético-MG, em casa, na estréia na Copa Sul-Americana, o Botafogo volta o foco para o Campeonato Brasileiro e entra em campo neste domingo, às 18h10, para medir forças com o Sport, na Ilha do Retiro, pela primeira rodada do segundo turno.

Com 31 pontos, o Glorioso quer encostar ainda mais na zona de classificação para a Copa Libertadores. Já garantido na competição sul-americana, por ser o campeão da Copa do Brasil, o Leão pernambucano tenta se recuperar de derrota por 3 a 0 para o Coritiba, fora de casa, que fez a equipe estacionar nos 27 pontos.

A partida vai marcar o reencontro do Botafogo com a cidade de Recife, onde o Glorioso passou por maus bocados durante a derrota por 3 a 0 para o Náutico, no dia primeiro de junho, pelo primeiro turno. Na ocasião, o zagueiro André Luis foi expulso, se envolveu em um tumulto generalizado e acabou sendo preso pela Polícia Militar de Pernambuco, que entrou em choque com alguns atletas do time carioca.

Apesar da lembrança do episódio, Ney Franco, técnico do Botafogo, preferiu se preocupar com os aspectos técnicos e táticos da partida diante do Sport. O treinador espera um grau de dificuldade muito grande contra os pernambucanos.

'O time do Sport está montado e formado há muito tempo e sempre consegue grandes atuações na Ilha do Retiro. Não foi campeão da Copa do Brasil à toa e sabe da importância de conseguir realizar grandes confrontos em casa. Por isso espero muitas dificuldades para o Botafogo, mas já mostramos que somos capazes de superar obstáculos difíceis”, afirmou Ney Franco.

Os jogadores botafoguenses acreditam que, para uma vitória ser conquistada na Ilha do Retiro, o Glorioso terá de manter a forma como vem jogando. “Não podemos nos intimidar e temos de jogar com personalidade, como se o jogo fosse no Engenhão. Foi assim que conseguimos bater o Atlético Paranaense e o Figueirense fora de casa. A receita precisa ser repetida”, disse o volante Túlio.

Para este compromisso, Ney Franco não poderá contar com o goleiro Castillo, servindo à seleção do Uruguai, e nem com o volante Diguinho, que terá que cumprir suspensão por causa do terceiro cartão amarelo, recebido na vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras na rodada passada. Renan será o camisa 1.

No meio-campo, como Leandro Guerreiro, o reserva imediato, está lesionado, Eduardo e Túlio Souza disputam posição. Já o meia Lucio Flavio e os atacantes Jorge Henrique e Wellington Paulista, poupados na Copa Sul-Americana, voltam. Com isso, Zé Carlos, Gil e Fábio ficam como opção no banco de reservas.

Pelo lado do Sport, o técnico Nelsinho Baptista reconheceu a boa fase atravessada pelo Botafogo e recomendou aos seus comandados o máximo de cuidado com o adversário. “Eles subiram muito de produção com a chegada do Ney Franco e venceram os últimos cinco jogos, contando a Sul-Americana. Eles possuem atletas habilidosos, que sabem jogar no contra-ataque e isso pode ser um complicador. Vamos precisar atacar de forma organizada, sem sofrermos o risco do contra-golpe”, alertou.

Nelsinho vai promover duas modificações em relação à formação que foi derrotada pelo Coritiba. O lateral-direito Sidny, velho conhecido da torcida por ter defendido as cores do Náutico, vai estrear ocupando o posto de Luisinho Netto. O zagueiro Igor, recuperado de uma lesão na coxa direita, volta no posto de Gabriel.

FICHA TÉCNICA
SPORT x BOTAFOGO

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 17 de agosto de 2008, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Wallace Nascimento Valente (ES)
Assistentes: Antônio Carlos de Oliveira (ES) e Helberth Andrade (MG)

SPORT: Magrão; Sidny, Igor, Durval e Dutra; Daniel Paulista, Moacir, Francisco Alex e Luciano Henrique; Carlinhos Bala e Roger
Técnico: Nelsinho Baptista

BOTAFOGO: Renan; Thiaguinho, Renato Silva, André Luis e Triguinho; Túlio, Eduardo (Túlio Souza), Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Wellington Paulista
Técnico: Ney Franco


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias